Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

A maioria dos tumores benignos do fígado são assintomáticos e são achados incidentais em ultrassonografia de abdome. Para diagnóstico diferencial de tumores sólidos, faz-se necessário a realização de exames contrastados como tomografia computadorizada e ressonância magnética. Um nódulo de 5 cm com hipercaptação de contraste na fase arterial e com uma cicatriz central em uma mulher de 40 anos é altamente sugestivo de:

A
Adenoma hepático.
B
Hemangioma.
C
Hiperplasia nodular focal.
D
Carcinoma fibrolamelar.
E
Hamartoma.
Paciente, 18 anos de idade, nuligesta, submetida à laparotomia para a retirada de tumor anexial com cápsula íntegra. O exame histopatológico de congelação revelou teratoma imaturo. A conduta, para esse caso, é realizar:
Você está fazendo uma consulta pré operatória numa mulher de 35 anos com feocromocitoma de 5cm na adrenal esquerda. Ela foi classificada como ASA III (P3). Todos os exames pré operatórios solicitados para o risco cirúrgico estão normais. Sua pressão arterial está 130 x 90 mmHg com uso de fenoxibenzamina 200mg, duas vezes ao dia, já há 3 semanas. Ela também tem recebido implementos de hidratação. Sua frequência cardíaca está em 140 batimentos por minuto. O que fazer?
Segundo os critérios de elegibilidade da OMS para o uso do método anticoncepcional, a categoria 3, significa:
Com relação ao fator AR (Artrite Reumatoide), assinale a INCORRETA:
Compartilhar