Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

À medida que não tem respaldo científico para evitar o desenvolvimento de diabetes tipo II em paciente com síndrome metabólica é:

A
suspensão do tabagismo.
B
prática moderada de atividade física.
C
perda de peso.
D
redução do consumo de cafeína.
E
uso de metformina.
Com relação ao diagnóstico e tratamento da apendicite aguda, pode-se afirmar, EXCETO:
Uma mulher de 32 anos de idade, com SIDA e se apresenta com antecedente de três semanas de dispneia ao esforço progressiva. A paciente é indigente e não está tomando medicamentos. Observa-se taquipneia com frequência respiratória de 42/min e saturação inicial de oxigênio de 84% em ar ambiente. Radiografia de tórax mostra infiltrados reticulonodulares bilaterais. Há forte suspeita de infecção por Pneumocytis carinii (P. jiroveci). Inicia-se terapia com clindamicina e primaquina, já que a paciente apresentou previamente reação alérgica e sulfas. Vinte e quatro horas depois a paciente desenvolve insuficiência respiratória hipoxêmica, é intubada e colocada em ventilação mecânica. Qual das seguintes afirmações com respeito a sua atenção é verdadeira?
Paciente do sexo feminino, 29 anos. Há 5 anos, diagnóstico clínico e neurofisiológico de miastenia gravis, porém com anticorpo antirreceptor de acetilcolina negativo. Evoluiu com dificuldade de controle com tratamento medicamentoso. Submetida a timectomia, sem melhora dos sintomas. Houve melhora dos sintomas após a realização de 5 sessões de plasmaférese. Sobre esse caso, é correto afirmar:
Em relação à vacinação realizada na infância responda de acordo com as afirmações abaixo: I- A imunização passiva é realizada pela introdução no organismo de diferentes tipos de antígenos. II- Pacientes alérgicos a penicilinas não podem ser vacinados com a vacina tríplice viral (antirrubéola, sarampo e caxumba) pelo risco de reação grave cruzada. III- A vacinação pela BCG deve ser realizada nas primeiras 12 horas de vida, independente do peso de nascimento para evitar a tuberculose miliar. IV- A vacina para prevenção da infecção pelo rotavírus só deve ser administrada quando o lactente não estiver mais em aleitamento materno exclusivo e nunca antes do 6º mês de vida.
Compartilhar