Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Pneumologia

A melhor estratégia para o tratamento de manutenção da asma na infância consiste em:

A
Uso de beta agonista de longa ação, corticosteroide oral e controle ambiental
B
Uso de xantina de ação prolongada, corticosteroide sistêmico e controle ambiental
C
Uso de cronoglicato, beta agonista de longa ação e controle ambiental
D
Uso de corticosteroide inalatório, beta agonista de longa ação e controle ambiental
E
Nenhuma das anteriores
Criança de 10 anos chega a emergência, caminhando e com queixas de “coração acelerado”, de início súbito e há menos de uma hora. Está em bom estado geral, corado, orientado e com pulsos palpáveis. A frequência cardíaca no exame físico está acima de 200 bpm. O monitor da emergência mostra uma taquicardia com QRS estreito, RR regular, frequência fixa de 250 bpm, não se visualiza onda P. Saturação 98% em ar ambiente e pressão arterial não invasiva de 100 x 60 mmHg. Os seus passos inicias serão:
Microorganismos que frequentemente causam peritonite primária em hepatopatas crônicos:
Em relação à infecção urinária da criança, é CORRETO afirmar que:
Paciente 28 anos, masculino, esteve em tratamento para tuberculose pulmonar com esquema RIP por quatro meses há três anos atrás. Há um mês iniciou quadro de sudorese noturna, acompanhada de emagrecimento e tosse, sendo diagnosticado TB. Qual o tratamento preconizado?
Compartilhar