Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

A metodologia considerada padrão ouro para o diagnóstico de uma infecção urinária é:

A
Coleta com o saquinho coletor.
B
Cateterismo vesical.
C
Vesicostomia.
D
Punção supra-púbica.
E
Coleta do jato médio.
O termo “partes moles” se refere ao tecido de suporte dos vários órgãos e às estruturas não epiteliais extraesqueléticas do tecido linfo-hematopoiético. Sobre esse tema julgue as informações abaixo: I.O diagnóstico clínico precoce do melanoma é o mais importante fator para o sucesso do tratamento. Devemos utilizar a regra do ABCD (assimetria, bordas, cor, diâmetro) e estarmos atentos a alterações no tamanho, forma ou cor em nevos pré-existentes. II. A Organização Mundial de Saúde classifica o melanoma segundo a fase de crescimento em dois grupos: fase de crescimento radial e vertical. No grupo de crescimento radial encontramos o melanoma nodular. No grupo de crescimento vertical encontramos o melanoma superficial, acral lentiginoso, melanoma tipo lentigo maligno e o melanoma in situ. III.O tratamento do melanoma é multidisciplinar e deve ser realizado após uma sistematização composta apenas por diagnóstico clínico e estadiamento com exames laboratoriais e de imagem. IV.Na biópsia de lesões suspeitas é fundamental que a amostra de pele seja retirada até tecido celular subcutâneo, já que a espessura vertical do tumor é o valor preditivo mais importante para o prognóstico, tratamento e seguimento.
Assinale a alternativa que apresenta uma cardiopatia congênita cianogênica.
Sobre Ruptura Prematura de Membranas (RUPREME), pode-se afirmar que:
Em virtude da detecção precoce do PSA (antígeno prostático específico), no câncer de próstata, a maioria dos casos é diagnosticada enquanto "orgão confinado". Leia as asserções. I. O Escore de Gleason, PSA e o estadiamento são fatores prognósticos pré-operatórios importantes prévios à prostatectomia radical. II. Localidades com pouca exposição ao sol, dieta rica em gorduras e hereditariedade são fatores predisponcntes ao surgimento de câncer de próstata. III. Lavado vesical, PSA e citologia aspirativa fazem parte do diagnóstico atual do câncer de próstata. IV. Em casos selecionados, tais como presença de comorbidades graves, perspectiva de vida menor do que dez anos e pacientes com idade superior a 75 anos, o acompanhamento vigilante é uma boa alternativa nos carcinomas de próstata órgão-confinados. V. A via de obtenção de tecido prostático, geralmente, é transperineal, guiada por ultrassom, da qual são retirados 12 fragmentos, em média. Está correto, apenas, o que se afirma em:
Compartilhar