Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

A obesidade constitui um grande problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A cirurgia para a obesidade é uma das formas terapêuticas encontradas para pacientes criteriosamente selecionados. Assim, qual das opções abaixo não está em concordância com os conhecimentos atuais sobre este tema.

A
Dentre as condições clínicas associadas à obesidade grave podemos encontrar: miocardiopatia; diabetes do tipo II; osteoartrite; irregularidades menstruais e apneia obstrutiva do sono.
B
As indicações para a cirurgia bariátrica, entre outros, índice de massa corporal (IMC) > 40kg/m² ou IMC > 35kg/m² com co-morbidade clínica associada agravada pela obesidade.
C
A derivação gástrica com Y de Roux realizada por cirurgia aberta proporciona perda de peso em mais de 65% em 1 ano e a resolução das co-morbidades foi considerada excelente.
D
O procedimento de Scopinaro é também conhecido como a realização da Derivação Gástrica em Y de Roux.
E
No Desvio Bílio-pancreático, na maioria dos pacientes, apresenta uma “Síndrome Pós-alimentar” imediatamente após a operação e resolve-se durante o 1º ano.
Criança de 10 anos, cardiopata, é internada na UTI, em ventilação mecânica e monitorada. Você é chamado de urgência e constata ausência de pulso. Monitor mostra padrão bizarro, compatível com FV. Qual deve ser a conduta?
Nas cardiopatias congênitas acianóticas com fluxo pulmonar aumentado, qual deve ser a maior preocupação?
Mulher, 48 anos, após tratamento dentário passou a queixar-se de dor e abaulamento cervical submandibular direita. Ao exame apresenta trismo e massa de limites imprecisos com cerca de 6cm de diâmetro sem pontos de flutuação. A tomografia computadorizada confirmou o diagnóstico de abscesso cervical profundo e presença de ar dissecando os tecidos do pescoço, tendo sido iniciado antibioticoterapia. Considerando o diagnóstico, qual deverá ser a conduta adotada?
Sobre a nefrolitíase, julgue as alternativas a seguir: I - O cálculo de oxalato de cálcio é o tipo mais comum de cálculo renal, isolado ou associado a fosfato. II - O cálculo de ácido úrico está associado a pouca ingesta de água e a pH urinário básico. III - O cálculo composto de estruvita (fosfato amoníaco magnesiano) está relacionado à infecção urinária por germes produtores de urease, principalmente <i>Proteus mirabilis</i> e <i>Klebsiella</i>.
Compartilhar