Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A obesidade na gestação contribui para a morbimortalidade gestacional e fetal. Em qual das situações abaixo o excesso de peso materno NÃO é fator de risco?

A
Aumento da demanda de partos vaginais.
B
Diabetes gestacional.
C
Síndrome hipertensiva arterial.
D
Prematuridade.
E
Defeitos do tubo neural.
Mulher de 65 anos de idade, obesa, sem cirurgias abdominais prévias, com passado de cólica sabidamente biliar, apresenta quadro de dor abdominal timpanismo difuso. O RX simples de abdome mostra distensão de alças do intestino delgado, com ausência de ar nos cólons e presença de aerobilia. O diagnóstico provável desta paciente é:
Paciente do gênero masculino, 65 anos, deu entrada no pronto-socorro queixando-se de dor abdominal de forte intensidade, com início súbito há cerca de 4 horas. Ao exame físico apresentava-se lúcido, hipocorado, FC: 120bpm e PA 80/50 mmHg. O abdome estava doloroso e apresentava massa expansível medindo cerca de 7cm de diâmetro localizada em região epigástrica/mesogástrica. A diurese estava protraída. Foi realizada angiotomografia na sala de emergência, que confirmou a presença de aneurisma de aorta infrarrenal, com hematoma periaórtico. Assinale a alternativa que apresenta a melhor conduta para o caso.
Sobre a epifisiólise, ou escorregamento epifisário proximal do fêmur, marcar C para as afirmativas Certas, E para as Erradas e, após, assinalar a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: ( ) O sinal de Trethowan é visto nos raios X de frente da bacia e corresponde a uma área de esclerose semicircular no colo devido à sobreposição da imagem da epífise escorregada. ( ) O desvio do colo do fêmur ocorre para superior e anterior. ( ) O objetivo principal do tratamento é a fusão precoce da fise, impedindo o agravamento do quadro.
O paciente com tórax instável e respiração paradoxal decorrente de fratura de múltiplos arcos costais em dois ou mais lugares, por trauma fechado, deve ser tratado com:
Compartilhar