Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

A paralisia facial periférica de Bell NÃO tem entre as suas manifestações:

A
predomínio do desvio de boca para o lado normal
B
desvio de boca para o lado afetado
C
quando o paciente é solicitado ocluir as pálpebras, o lado afetado não oclui a rima palpebral (lagoftalmia)
D
a sensibilidade facial é, frequentemente, preservada
E
a lesão básica é no nervo facial
Você está examinando um recém-nascido em programação de alta hospitalar no alojamento conjunto e, ao realizar triagem neonatal com oximetria de pulso (“teste do coraçãozinho”), observa que a saturação no membro superior direito é de 98% e a do membro inferior é 94% em duas medições com intervalo de uma hora entre elas. Qual o significado desse achado e a conduta adequada a seguir?
Recém nascido do sexo masculino apresenta flacidez abdominal, criptorquidia bilateral e dilatação pielocalicial bilateralmente. O provável diagnóstico, nesse caso, é:
Uma criança de sexo feminino, com quatro anos de idade, é atendida no Pronto Atendimento com queixa de poliúria, polidipsia e emagrecimento nos últimos dois meses. Apesar de ter havido um atendimento anterior por esta queixa, não houve uma definição diagnóstica. A mãe decidiu retornar ao serviço porque nos últimos dois dias, a criança começou a apresentar sonolência, acompanhada de febre (dois picos de 38,6 °C), vômitos, fadiga, sinais de desidratação e taquipneia. Imediatamente, você decidiu encaminhar a paciente para um Serviço de Emergência, devido à hipótese diagnóstica de cetoacidose diabética. A decisão de encaminhamento imediato foi determinada
Um lactente, com nove meses de idade, foi levado ao Pronto Atendimento porque, há 5 horas vem apresentando choro inconsolável, vômitos, fezes com sangue e distensão abdominal. A mãe refere que a criança ficou gripada há uma semana. Durante o exame físico, o pediatra palpou massa abdominal e solicitou radiografia simples de abdome que foi inespecífica e ultrassonografia de abdome total que mostrou anéis concêntricos de camadas hipoecóicas e hiperecóicas alternantes, com porção central hiperecóica (sinal da “rosquinha/alvo/olho de boi”). Foi encaminhado ao centro cirúrgico para laparotomia. Baseado nos sintomas apresentados, o quadro descrito é compatível com abdome agudo, tendo como causa
Compartilhar