Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Endocrinologia

Hepatologia

A portaria 1.160/2006 do Ministério da Saúde definiu o sistema MELD (Model for End-stage Liver Desease) como critério para seleção de receptores de fígado de cadáver. Esta recente mudança trouxe maior agilidade no transplante de fígado nos pacientes mais graves. Sobre o transplante hepático e o Sistema MELD, assinale a alternativa incorreta.

A
A rejeição aguda ao enxerto é extremamente grave, porém rara.
B
O MELD varia em uma escala crescente de gravidade entre seis e quarenta e prevê a urgência de um transplante nos 3 meses subsequentes à avaliação.
C
Para o cálculo do MELD são considerados os valores da bilirrubina sérica, creatinina e tempo de protrombina pela razão normatizada internacional.
D
O momento ideal do transplante é quando o paciente tem sobrevida inferior a 50% em um a dois anos e doença multissistêmica instalada.
E
Este modelo foi originalmente desenvolvido para determinar o prognóstico de pacientes com cirrose hepática submetidos à anastomose portossistêmica intra-hepática transjugular (TIPS).
A falta de eritropoietina pode acarretar:
Avalie as afirmativas a seguir: O diagnóstico do tétano é baseado totalmente em achados clínicos. · O diagnóstico de botulismo deve ser considerado em paciente com paralisia simétrica descendente, febre e status mental intacto. · O diagnóstico laboratorial de infecção gonocócica em homens é rapidamente obtido por coloração Gram de exsudato uretral encontrando monococos ou diplococos Gram negativo intra-celular. · HELICOBACTER PYLORY é fator de risco para úlcera péptica, adenocarcinoma do estômago e linfoma MALT gástrico. · Quase todos os órgãos poderão ser acometidos por Blasto micose.
Todos os fatores abaixo são protetores contra a infecção do sítio cirúrgico, EXCETO:
A presença de Acantose Nigricans pode estar relacionada à:
Compartilhar