Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

A presença de placa fibrosa na albugínea do corpo cavernoso denomina-se:

A
Priapismo simples
B
Priapismo albus
C
Doença de Peyronie
D
Doença de Queyrat
E
Condiloma acuminatum penis
Paciente com 17 anos de idade, primípara, encontra-se no 7º dia pós-parto e permanece internada no alojamento conjunto, acompanhando seu recém-nascido, em tratamento de sepse neonatal. Nesse período, a paciente começa a apresentar quadro de insônia, delírios de grandeza, alternados com manifestações paranoides. Diz que ouve vozes e vê sombras que querem pegá-la e trocar seu bebê. Durante o dia, apresenta agitação psicomotora ininterrupta. Ela não apresenta nenhum sintoma associado a infanticídio ou ideário negativo em relação à sua maternidade, mas diz que prefere morrer a ser "pega pelas sombras". A família nega qualquer quadro anterior semelhante. Baseado na sintomatologia apresentada, o diagnóstico é:
Sobre a litíase urinária, considere as seguintes alternativas: 1. A composição da litíase urinária coraliforme geralmente é estruvita e na maioria das vezes está associada à infecção urinária por germe produtor de urease. 2. A nefrolitotripsia percutânea é um tratamento eficaz para os cálculos renais maiores que 3 cm. 3. A ureterolitotripsia apresenta excelentes resultados para o tratamento dos cálculos de ureter inferior não infectados, na falha do tratamento clínico. 4. A litotripsia extracorpórea por ondas de choque pode ser utilizada como primeira escolha de tratamento para todos os cálculos renais, mesmo que na vigência de infecção urinária. 5. Os cálculos de bexiga geralmente são secundários. Assinale a alternativa CORRETA:
No tratamento de Hiperplasia Prostática Benigna (HPB):
Menino de 2 anos, usuário de fraldas, assintomático, teve o diagnóstico de fimose confirmado durante consulta pediátrica de rotina. Diante desse quadro, qual a conduta mais adequada?
Compartilhar