Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Cardiologia

Cirurgia do Aparelho Digestivo

A principal arritmia cardíaca decorrente da insuflação do pneumoperitônio com CO2 na colecistectomia videolaparoscópica é:

A
taquicardia supraventricular.
B
bradicardia.
C
fibrilação atrial.
D
fibrilação ventricular sem pulso.
Adolescente do sexo feminino, 13 anos e 6 meses, chega ao ambulatório com queixa de que “ainda não menstruou”. O exame físico é normal. Tanner: M3P2. A conduta adequada neste caso é:
Paciente de 32 anos, masculino, internado há 5 dias com dispneia por pneumonia da comunidade. Febre alta nos 2 primeiros dias e 1 pico de 38ºC há 48h. Atualmente: Consciente, frequência cardíaca de 76 por minuto, frequência respiratória de 18 por minuto, PA 110x60 mmHg, saturação 2 de 97% com ar ambiente e RX de tórax com infiltrado no 1/3 inferior do hemitórax esquerdo. Em situações como esta, qual seria a melhor conduta?
Adenocarcinoma ductal compreende 80 a 90% das neoplasias de pâncreas. O câncer de corpo e cauda apresenta início insidioso e geralmente é diagnosticado em fase avançada e incurável. A manifestação clínica MAIS FREQUENTE é?
Milton, 1 mês e 25 dias de idade, apresenta, há 24 horas, leve coriza hialina, tosse discreta, fezes líquidas amareladas (cerca de sete evacuações), febre alta que cede com paracetamol e reaparece algumas horas depois. Hoje teve várias “crises” de choro forte e está “um pouco diferente”. Recebe leite materno e fórmula láctea industrializada desde 28 dias de idade. Exame físico: peso 4.900 g, T.ax 39,1º C, FC 144 bpm, FR 40 irpm; alterna períodos de choro intenso com apatia, irritável ao manuseio, hipertonia muscular difusa, fontanela plana levemente deprimida, elasticidade cutânea e turgor discretamente reduzidos, ausência de lágrimas, sede exacerbada, pulsos amplos e acelerados, extremidades acianóticas, ausculta cardiopulmonar, abdome e membros inferiores sem alterações. O exame complementar indicado é:
Compartilhar