Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

A principal causa de morte nas duas primeiras semanas que se seguem às operações bariátricas é:

A
Peritonite secundária a fístulas digestivas.
B
Embolia pulmonar.
C
Insuficiência cardíaca.
D
Insuficiência respiratória.
E
Sepse consequente a infecção do sítio cirúrgico.
A imaturidade cerebral característica do prematuro o predispõe a crises convulsivas no período neonatal. A manifestação clínica mais frequente nessa faixa etária é:
Paciente de 60 anos, feminina, hipertensa e diabética, vem a consulta de rotina ambulatorial apresentando massa abdominal pulsátil. Faz uso de anlodipino e hidroclorotiazida. Foi solicitado Ultrasom abdominal revelando aneurisma de aorta infra renal de 4,7 cm e encaminhada ao ambulatório de cirurgia geral. Qual a melhor conduta neste caso?
Paciente do sexo masculino, 60 anos, hipertenso há anos e com discreta sequela motora em membros superior e inferior esquerdos decorrente de acidente vascular encefálico sofrido há 1 ano, procura pronto-socorro por dor de início súbito no membro inferior esquerdo, de forte intensidade, iniciada há 3 horas. Ao exame físico: pressão arterial = 140 x 80 mmHg, frequência cardíaca de 132 batimentos por minuto e pulso irregular. Há gradiente térmico e palidez presentes no membro da queixa. Os pulsos poplíteo, tibial posterior e pedioso à esquerda são ausentes e os demais presentes. A hipótese diagnóstica e o tratamento são respectivamente:
Dentre as seguintes alternativas, quais cardiopatias apresentam hiperfluxo pulmonar:
Compartilhar