Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Pneumologia

Dermatologia

Doenças Respiratórias

A prova tuberculínica, ou Teste de Mantoux, é um método que:

A
é imprescindível para o diagnóstico de tuberculose.
B
determina modificação de tratamento ao apresentar resultado positivo.
C
indica, em pacientes reatores fracos (5 - 9 mm), infecção pelo bacilo de Koch, ou vacina prévia com BCG.
D
indica infecção pelo bacilo de Koch e doença ativa em pacientes reatores fortes (10 mm ou mais).
E
deve ser lido em 24 horas após a aplicação da tuberculina.
Gestante de 37 anos, com data da última menstruação em 28 de julho de 2008 chega ao consultório para primeira consulta pré-natal, no dia 30 de outubro de 2008, referindo ter dois filhos nascidos por parto normal e ter realizado uma curetagem por abortamento. Refere que o primeiro filho nasceu pesando 2400 gramas com 39 semanas de gestação. O segundo pesou, ao nascer, com 33 semanas de gestação, 2100 gramas, após duas semanas internada com a “bolsa rota” e sem contrações. Com base no texto, escolha a alternativa que refira, respectivamente, número de gestações e paridade:
O sulfato de magnésio é a droga de escolha para o controle das crises convulsivas ocorridas na eclâmpsia. Assinale a alternativa correta em relação a essa droga.
Na doença celíaca, o padrão ouro para seu diagnóstico é a biópsia intestinal que demonstra atrofia vilositária da mucosa jejuno-ileal, limitando a absorção de nutrientes. Na orientação nutricional específica, preconiza-se:
Pais de um lactente de 2 meses procuram o serviço médico, afirmando que a criança apresenta quadro de vômitos repetidos pós-alimentares há 1 mês, negando febre ou outros sintomas. Ao exame físico, o lactente encontra-se hipoativo, com desidratação moderada e é possível perceber pequena tumoração à palpação abdominal do epigástrio. Diante desse quadro, a hipótese mais provável para o diagnóstico, o exame complementar mais adequado e o tratamento são, respectivamente:
Compartilhar