Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

A punção de macrocisto, recidivado em paciente de 42 anos de idade, aspirou 18 ml de líquido hemorrágico. A conduta adequada para o caso apresentado é:

A
reavaliar pela mamografia e/ou ultrassonografia semestrais.
B
medicar com tamoxífeno 10 mg/dia.
C
ressecar a lesão para estudo histopatológico.
D
controlar anualmente, se a citologia for negativa.
E
repetir a punção com três meses.
Homem, 78 anos, acamado de longa data, chega ao atendimento com úlcera por pressão em região glútea, de 4 cm de diâmetro e exposição de músculo. Nota-se também que a mesma não apresenta sinais de infecção ou necrose, porém, apresenta secreção abundante, sem odor. Qual é o tratamento mais indicado?
Mulher, 58 anos, atendida em unidade hospitalar de urgência e emergência, com dor de início súbito em membro inferior esquerdo associado à cianose não fixa, frialdade, parestesia e dificuldade de movimentação há quatro horas. Ao exame apresentava ritmo cardíaco irregular. Pressão arterial: 140 x 90 mmHg; FC: 100 bpm. Pulsos periféricos ausentes à palpação desde a região femoral nesta extremidade. Membro inferior contralateral com perfusão normal e pulsos periféricos amplos. Qual a conduta diante deste caso?
Criança com desvio ocular deve ser encaminhada ao oftalmologista:
Analise as seguintes assertivas em relação ao que a hipotermia moderada (temperatura corporal 28°C à 32,2°C) pode causar: I. Midríase. II. Ondas J no ECG. III. Hiper-reflexia. IV. Aumento do fluxo sanguíneo renal. Quais estão corretas?
Compartilhar