Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

A respeito da avaliação do abdome de pacientes com trauma abdominal contuso e instabilidade hemodinâmica, são apresentadas as afirmativas abaixo. I- A realização de lavado peritoneal é contraindicada em gestantes com suspeita de lesão diafragmática. II- A ecografia abdominal tem sensibilidade diminuída na presença de enfisema subcutâneo e em obesos. III- A tomografia computadorizada é o exame que apresenta maior especificidade, devendo ser utilizado na suspeita de lesão visceral. Qual é a alternativa correta?

A
Apenas I.
B
Apenas II.
C
Apenas III.
D
Apenas II e III.
E
I, II e III.
Marque a alternativa errada sobre o trauma cervical.
Um paciente de 70 anos hospitalizado, em pós-operatório recente de osteossíntese de fratura de fêmur, desenvolve quadro súbito de dispneia, hipotensão, taquicardia sinusal, estase jugular, bulhas cardíacas hipofonéticas com pulmões relativamente limpos. Qual dos exames abaixo apresenta a maior acurácia diagnóstica nesta situação clínica?
Paciente masculino, vítima de acidente automobilístico, clinicamente estável com fratura do planalto tibial e lesão extensa de artéria e veia poplítea. A melhor alternativa cirúrgica é:
Gestante de 37 anos, com 33 semanas de gestação, queixa-se de parada de movimentação fetal há 1 dia. Refere não ter nenhuma intercorrência no pré-natal. É sua segunda gestação, tendo um parto normal há 3 anos, com recém-nascido saudável que pesou 3.300g. A pressão arterial é de 100x60cm H2O. A altura uterina é de 29cm, não há dinâmica uterina. Não se auscultam batimentos cardíacos fetais e o colo está impérvio. A ultrassonografia revela ausência de batimentos cardíacos fetais, apresentação pélvica, placenta grau II e líquido amniótico de volume normal. Qual a conduta a ser tomada?
Compartilhar