Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

A respeito da quimioprofilaxia em casos de meningite bacteriana, é correto afirmar:

A
Assegura efeito protetor absoluto e prolongado e, por isso, tem sido adotada como medida eficaz na prevenção de casos secundários.
B
Está indicado para qualquer contato de casos de doença meningocócica ou de meningite por Haemophilus influenzae.
C
Também está indicada para o paciente no momento da alta, exceto em casos em que a droga utilizada tenha sido a ceftriaxona.
D
A droga de escolha é a minociclina, que deve ser administrada para todos os contatos simultâneamente.
E
Para ambas as etiologias, o tempo adequado de utilização da droga é de 48 horas contadas a partir do diagnóstico do caso.
Mulher de 45 anos, previamente saudável, procura atendimento por dor em cotovelo e febre. Refere inchaço, dor e vermelhidão no cotovelo direito há cerca de 24h, acompanhada de febre de até 40 °C com calafrios. Exame físico evidencia sinais flogísticos em cotovelo direito com demais articulações normais. Não há outros achados no exame físico. Exames laboratoriais evidenciam somente leucocitose de 16.000 células com desvio à esquerda (10% de bastões). Qual a melhor conduta a ser adotada?
Paciente de 47 anos queixa-se de rouquidão contínua há 25 dias, após processo aparentemente gripal. Nega dor ou febre. Refere tosse ocasional há anos e azia frequente. Tem antecedentes de depressão tratada, hipertensão arterial controlada e é tabagista de 1 maço/dia há 18 anos. Não apresenta anormalidades aparentes no exame físico geral ou especial. A nasofaringo-laringoscopia revelou paralisia da prega vocal esquerda. Qual a conduta mais adequada a seguir?
Um paciente de 35 anos com prótese valvar mitral biológica apresenta quadro febril há 4 semanas. No exame físico, encontra-se em bom estado geral, sem sinais de insuficiência cardíaca. Não há sopros cardíacos, linfadenopatia ou hepatoesplenomegalia. Trazia exames realizados há 1 semana: Hb9g/dl, Htc: 27%, Leucócitos: 12000 (0-76-0-20-4), plaquetas: 155.000; VHS: 65mm/1ª. hora; creatinina: 0,9mg/dl; ureia: 40mg/dl, TGO: 23UI, TGP: 33UI; sorologia para dengue: negativa; anti-HIV: negativo, Urina tipo I: leucócitos: 80.000/ml, eritrócitos: 60.000/ml, Urocultura: negativa. Qual a melhor conduta a seguir ?
Após um incêndio, um paciente de aproximadamente 80 Kg sofreu queimadura de 1º grau em toda região da cabeça, de 2º grau na parte anterior do tronco (abdome e tórax) e de 3º grau em todo membro inferior esquerdo. Calcule a superfície corpórea queimada (SCQ) e a quantidade de volume de hidratação a ser reposto no período de 16 às 24 horas pós-queimadura.
Compartilhar