Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

A respeito do choque, assinale a alternativa correta:

A
A causa menos comum do choque hipovolêmico é a hemorragia.
B
A frequência cardíaca é um indicador confiável na avaliação do choque hipovolêmico.
C
Após a correção do choque, os pacientes estão livres de complicações potencialmente fatais.
D
Uma das formas clínicas do choque séptico é a forma fria, na qual o paciente apresenta baixo débito cardíaco.
Homem de 56 anos consultou por quadro de dor intermitente de baixa intensidade no hipocôndrio direito, que aliviava com analgésicos, iniciado há 1 ano. Fazia uso de anti-hipertensivos e de hipoglicemiante oral. Nas últimas 24 horas, o paciente passou a apresentar febre, e a dor tornou-se contínua, fixa no hipocôndrio direito com irradiação para as costas. A avaliação laboratorial revelou glicemia de 250 mg/dl, hemograma com leucócitos de 15.000/mm³ (10% de bastonados) e bilirrubina direta de 0,8 mg/dl. A ultrassonografia abdominal mostrou cálculo de 2 cm na vesícula biliar com espessamento e gás em sua parede. Diante deste quadro, qual o diagnóstico mais provável e qual o tratamento mais indicado?
As seguintes manifestações são características de neuropatias periféricas, EXCETO:
Um menino de 15 anos de idade deu entrada na sala de emergência com história de crises convulsivas generalizadas tônico-clônicas de início há cerca de 2 horas. Já apresentou mais de 10 episódios subentrantes, com duração de 3 a 5 minutos. Permanece inconsciente no intervalo das crises, com respiração ruidosa, mas sem abalos. Exame clínico: encontra-se inconsciente, sem resposta motora, não abre os olhos a estímulos. Pupilas isocóricas e dilatadas, porém fotorreagentes. Abundante secreção pulmonar, com estertores de médias e grossas bolhas presentes em toda a ausculta pulmonar. PA = 90 x 60 mmHg. FC = 125 bpm. Oximetria de pulso = 78%. Dextro com glicemia = 68 mg/dl. Não apresenta abalos tonicoclônicos no momento. Com relação ao quadro clínico e ao tratamento, assinale a alternativa correta.
Em relação aos fatores epidemiológicos que sugerem possível causa de pneumonia adquirida na comunidade, numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda. 1. Alcoolismo; 2. Doença estrutural pulmonar; 3. DPOC; 4. AVC/Demência. ( ) Anaeróbios orais; ( ) Pseudomonas; ( ) Streptococcus pneumoniae; ( ) Haemophylus influenzae. Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta da coluna da direita, de cima para baixo.
Compartilhar