Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

A sífilis congênita mantém-se como um importante problema de saúde pública: no Município de Fortaleza, apesar da subnotificação, aproximadamente 200 casos em média vêm sendo notificados nos anos de 2005 e 2006 (dados preliminares). Em relação à sífilis congênita, pode-se afirmar que:

A
A transmissão vertical do Treponema pallidum ocorre no segundo e no terceiro trimestre da gestação ou em qualquer estágio clínico da doença materna.
B
A taxa de infecção da transmissão vertical do T. pallidum em mulheres não tratadas é de cerca de 20 a 40% nas fases primária e secundária da doença.
C
A ocorrência de aborto espontâneo, de natimorto ou de morte perinatal, se dá em aproximadamente 10% das crianças infectadas a partir de mães não tratadas.
D
Os principais fatores que determinam a probabilidade da transmissão vertical do T. pallidum são: o estágio da sífilis na mãe e a duração da exposição do feto.
E
A transmissão direta do T. pallidum ocorre apenas durante o aleitamento materno, naquelas situações onde houver a presença de lesão mamária por sífilis.
No tratamento do choque Hemorrágico, o melhor parâmetro clínico para reposição volêmica é:
Mulher de 36 anos, G7P6A0, com 6 semanas de gestação, comparece para iniciar o pré-natal. Antecedentes pessoais: obesidade e candidíase vaginal de repetição. Antecedente obstétrico: seis partos normais anteriores, com três recém-nascidos pesando mais que 4200g. Realizou teste oral de tolerância à glicose de 75g com valor de jejum 117mg/dl e, após 2horas, 163mg/dl. Quais complicações NÃO são esperadas?
Um paciente submetido a gastrectomia distal + reconstrução a BII por uma úlcera gástrica hemorrágica apresenta deiscência da anastomose e é submetido a várias cirurgias para controle da sepse abdominal. Qual das características abaixo deve ser encontrada no pós-operatório?
Criança de 6 meses de idade é trazida à Unidade Básica de Saúde (UBS) para realizar puericultura. Mãe diz que perdeu o Cartão da Criança durante mudança de endereço e não sabe informar sobre imunização da criança. Ao exame físico percebe-se a cicatriz de BCG. Qual a orientação mais adequada, quanto à imunização da criança?
Compartilhar