Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Pediatria

Obstetrícia

Neonatologia

A sífilis congênita resulta da disseminação transplacentária do Treponema pallidum da gestante infectada não tratada ou inadequadamente tratada para seu concepto. Assinale a alternativa que NÃO enumera características clínicas da sífilis congênita precoce no período neonatal.

A
Pênfigo palmoplantar e condiloma plano.
B
Periostite, icterícia e hepatomegalia.
C
Rinite serossanguinolenta e hepatomegalia.
D
Tíbia em sabre e nariz em sela.
E
Anemia e pseudoparalisia de membros.
Paciente G3P2A0 (2 partos vaginais), 38 semanas de gestação, é admitida na sala de parto com diagnóstico de descolamento prematuro de placenta. Ao exame: PA 90 x 50 mmHg, pulso 98 bpm e FR 18 mrp.Toque: colo dilatado 5 cm, bolsa íntegra, +1 de De Lee, cefálico em “ODP”, BCF 102 bpm. A melhor conduta materno-fetal para resolução da gestação é:
Cistos de Naboth são encontrados em paciente que previamente apresentou:
Primigesta com 32 semanas de idade gestacional foi internada com pressão arterial de 160/110 mmHg (após 30 minutos de repouso) e sintomas de cefaleia e escotomas. Trouxe exame de proteinúria de 3 g em 24 horas. À cardiotocografia, o feto mostrou-se reativo. Foi realizada amniocentese, a qual revelou teste de Clements positivo. Qual a conduta mais adequada?
Com relação a etiologia das fístulas gênito-urinárias, o uso de fórcipe, colporrafias anteriores e irradiação pélvica, são causas de:
Compartilhar