Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A síndrome hipertensiva está entre as causas mais frequentes de óbito materno. É uma das atribuições da Estratégia de Saúde da Família reduzir a morbimortalidade materno-infantil. Com relação às síndromes hipertensivas na gestação, assinale a alternativa INCORRETA:

A
Eclâmpsia é a ocorrência de convulsões motoras generalizadas (tipo grande mal), em gestante com pré-eclâmpsia, não devidas à doença neurológica subjacente.
B
A hipertensão arterial percebida antes da 20º semana de gestação ou que persiste após o 42º dia pós-parto é classificada como doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG).
C
Algumas vezes pode haver associação entre pré-eclâmpsia e hipertensão arterial crônica.
D
Em gestantes com pré-eclâmpsia, não há nenhuma razão que justifique a permanência intraútero de um feto com maturidade pulmonar.
Estudos recentes têm recomendado evitar a oferta exagerada de fluidos intravenosos, tanto no intra quanto no pós-operatório de operações eletivas. Reposição hidroeletrolítica mais vigorosa pode reduzir a prevalência de complicações pós-operatórias em pacientes com:
Paciente de 35 anos, sexo masculino, comparece ao ambulatório com queixa de dor lombar persistente há seis meses. Refere que a mesma é pior ao acordar e melhora ao longo do dia com movimentação ou exercícios. Procurou pronto-socorro há alguns meses, tendo recebido receita de anti-inflamatório, do qual faz uso eventual com melhora parcial do quadro. Exame físico mostrou dor à palpação das articulações sacroilíacas e restrição da flexão da coluna (teste de Schober positivo). Exames laboratoriais recentes estão normais. Radiografia de tórax e de sacroilíacas estão normais. Considerando a principal hipótese diagnóstica para este paciente, qual a conduta terapêutica mais adequada no momento?
Durante uma visita de rotina ao pediatra, um garoto de 10 anos de idade apresenta uma glicemia de 220 mg/dL. Após mais algumas perguntas, relata a mãe que ele sempre parece sedento e perdeu vários quilos ao longo dos últimos meses, os quais havia atribuído à intensa prática de futebol e à agitação de sua vida diária. Um exame-fita de urina no consultório mostra 4+ de glicose e 2+ de cetonas. Seus exames iniciais de laboratório mostram Na+ 132, K+ 3,7, Cl- 110, HCO3- 15, glicose 220, ureia 18, creatinina 0,5. Glicemias de jejum em dois dias consecutivos confirmaram os valores iniciais. Nenhuma outra alteração física ou laboratorial é descrita. Com base nessas informações, a etapa inicial mais adequada no cuidado do paciente é:
A causa mais comum de fístula colo-vesical é:
Compartilhar