Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

A triagem neonatal para anomalias cromossomiais, sobretudo as síndromes de Down e Edwards pode ser feita baseada em dados clínicos, laboratoriais e sonográficos. Os exames laboratoriais que associados a translucência nucal e a idade materna apresentam maior sensibilidade e especificidade na detecção dessas anomalias e subsequente melhoria na qualidade da triagem das pacientes a serem submetidas a estudo genético invasivo são:

A
alfafetoproteína e estriol
B
HCG livre e PAPP-A
C
estriol e hPL
D
alfafetoproteína e HCG livre
E
PAPP-A e alfafetoproteína
Paciente submetida a colecistectomia, por colelitíase, apresenta quadro de icterícia flutuante no 3°mês de pós-operatório. A causa mais provável é:
A prevalência mundial da Diabetes Melito (DM) aumentou drasticamente nas últimas décadas. Estíma-se um crescimento ainda maior em um futuro próximo. A partir desses achados, em bases epidemiológicas nacionais, poderíamos afirmar quanto a esta complexa condição de saúde:
São características da síndrome hepatorrenal, EXCETO:
No controle de pacientes diabéticos busca-se atingir níveis de hemoglobina glicada entre 6,0 e 7,0%. No entanto é importante conhecer as situações que geram erros de interpretação deste exame, tais como:
Compartilhar