Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Hematologia

A tromboembolia pulmonar é considerada uma importante complicação clínica. São identificados como fatores de risco os seguintes:

A
Síndrome nefrótica e uso de estrógenos.
B
Deficiência de Antitrombina III e excesso de proteína C.
C
Hemoglobinúria Paroxística e Talassemia Minor.
D
Anticorpo Antifosfolipídeo e doença de Von Willebrand.
E
Obesidade e presença de anticorpo VIII no sangue.
O que diferencia a síndrome de Asperger do autismo?
Em relação à isquemia mesentérica podemos afirmar, EXCETO:
Recém-nascido (RN) termo, adequado para a idade gestacional, nascido de parto normal sem intercorrências. Mãe 33 anos de idade, primigesta, pré-natal sem complicações. Ao nascimento RN estava hipotônico e apresenta frequência cardíaca (FC) de 40 batimentos por minuto (bpm). Oxigênio foi administrado com balão e máscara e ele foi intubado; sua FC permaneceu de 40 bpm. Qual é o passo seguinte na reanimação?
Sobre as fraturas diafisárias do fêmur da criança, analisar os itens abaixo: I - Nas fraturas do terço proximal, o fragmento proximal sofre maior influência do glúteo médio, dos rotadores externos e psoas, resultando em sua flexão, rotação externa e adução. II - De modo geral, as fraturas em crianças com até um ano de idade consolidam em duas a três semanas. III - Os pré-requisitos para o tratamento de fraturas com gesso imediato são: ausência de encurtamento, edema não muito acentuado e fratura causada por trauma de baixa energia. Está (ão) CORRETO (S):
Compartilhar