Questões na prática

Pediatria

Cirurgia

Cirurgia Geral

Na hérnia inguinal da criança, é correto afirmar que:

A
quanto menor a criança, maior a possibilidade de encarceramento ou estrangulamento, razão pela qual existe maior urgência na realização da cirurgia.
B
a cirurgia deve ser indicada após os 6 meses de vida nos meninos.
C
deve-se realizar a exploração cirúrgica contrateral apenas em meninos com mais de 4 anos quando a hérnia for do lado direito.
D
deve-se tomar conduta expectante em ambos os sexos até que a criança complete 2 anos de idade.
E
a utilização de cintos e faixas de proteção por um período de até 6 meses são um fator importante na involução espontânea da hérnia, dispensando-se dessa forma a cirurgia.
Em relação às esplenectomias, são feitas as observações abaixo: I. O abscesso subfrênico esquerdo é a complicação intra-abdominal mais comum pós-esplenectomia; II. A fístula pancreática pós-esplenectomia é decorrente, na maioria das vezes, de lesões ocorridas na cauda do pâncreas e são mais frequentes que as fístulas gástricas; III. O principal mecanismo para o aparecimento das fístulas gástricas pós-esplenectomia é a inclusão da parede gástrica no momento da ligadura dos vasos curtos; IV. A trombose das grandes veias esplâncnicas ligadas ao sistema porta é uma das complicações com maior potencial de mortalidade. Dessas observações, podemos afirmar que:
Qual das drogas abaixo é um opiáceo com particularidades especiais, pois além da ação sobre os receptores mi, kappa e delta, tem ação inibitória da captação de noradrenalina e serotonina, que potencializa a ação opiácea? Pode ser prescrita por via oral, subcutânea, intravenosa e retal.
Qual das opções abaixo deve ser adotada para a profilaxia da infecção cirúrgica para uma gastrectomia parcial eletiva. Levando-se em consideração o antimicrobiano, a dose padrão e o intervalo para a repetição intra-operatória, em condições normais.
Os agentes etiológicos que mais frequentemente causam sinusite bacteriana aguda em crianças e adolescentes são
Compartilhar