Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

A vigilância epidemiológica de uma UBS tomou conhecimento de um caso de rubéola em paciente com 25 anos, sexo feminino, que apresentava a seguinte história: aparecimento de algumas lesões eritematopapulosas no antebraço e abdome que se tornaram descamativas até desaparecerem. Não apresentou outros sintomas ou sinais e não teve febre durante toda a evolução do quadro. Consultou um médico 15 dias após o início do quadro que solicitou sorologia para rubéola "por se tratar de paciente do sexo feminino". O exame laboratorial foi efetuado pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL) que processou sorologia para rubéola e sarampo para os seguintes resultados: - ELISA para rubéola: IgM não reagente; - ELISA para sarampo: IgM e IgG reagentes. Com base nos dados da história e da sorologia, assinale a alternativa correta:

A
não há correlação clínica/epidemiológica e laboratorial
B
a sorologia é o “padrão-ouro” para diagnóstico de doenças virais e o resultado é inquestionável porque a coleta da amostra foi feita em época oportuna
C
pode-se afastar a possibilidade de resultado falso-positivo pelo fato da sorologia ter sido processada por laboratório público de renome e de referência em saúde pública
D
o caso pode ser fechado como sarampo confirmado por critério clínico e laboratorial
E
o IAL processou a sorologia para sarampo (não solicitada pelo médico) pelo fato do caso se enquadrar na definição de suspeito pelo Ministério da Saúde para fins de notificação ou investigação.
Dentro da avaliação perioperatória, assinale a alternativa INCORRETA
Em relação a mielomeningocele é incorreto afirmar:
Defeitos da parede abdominal anterior é uma condição cirúrgica neonatal relativamente frequente em cirurgia pediátrica, sendo assim, assinale a alternativa INCORRETA:
Em relação ao diagnóstico de Infarto Agudo do Miocárdio, é correto afirmar:
Compartilhar