Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

A violência doméstica é considerada um grave problema de saúde pública. O atendimento destas crianças deve ser uma equipe interdisciplinar, composta por profissionais qualificados e sensibilizados com o tema. Em relação ao diagnóstico e ao manejo de maus-tratos contra crianças e adolescentes, está correto afirmar que:

A
Os estudos epidemiológicos mostram que grande parte dos agressores, nos casos de abuso sexual, são adultos estranhos ao entorno da vítima.
B
A síndrome de Munchausen por procuração, na qual geralmente a mãe agressora utiliza o seu filho para chamar atenção para ela é considerada uma doença psiquiátrica da mãe.
C
Nos casos de suspeita ou de confirmação de maus-tratos contra crianças e adolescentes a comunicação ao conselho tutelar é facultativa.
D
A prevenção considerada secundária busca estratégias voltadas para ações direcionadas à população em geral, sem considerar situações de risco potencial para a vitimação.
E
As queimaduras provocadas propositalmente por imersão em líquidos quentes, geralmente, são assimétricas.
Menino de 5 anos de idade dá entrada no pronto-socorro com frequência respiratória de 62 irpm, frequência cardíaca de 128 bpm, agitado, com cianose de extremidades, tiragem intercostal e supraesternal, sibilos audíveis sem estetoscópio e saturação de oxigênio de 82% na oximetria de pulso (em ar ambiente). Nos últimos 12 meses teve uma internação por asma, com necessidade de ventilação invasiva, e três visitas a serviços de emergência por crises de asma recorrentes. Faz uso de corticoide em aerossol diário. Mora em área de invasão, não frequenta escola e a renda familiar mensal é de meio salário mínimo. Considerando os dados apresentados, quantos são os fatores de risco para que esse paciente seja considerado um caso de asma grave, com risco de morte?
Em relação aos pares cranianos e ao exame clínico do paciente, é correto afirmar:
Qual das seguintes afirmações, acerca da artropatia relacionada à colite ulcerativa, é verdadeira?
Uma adolescente de 14 anos, do sexo feminino, procura atendimento médico, acompanhada de sua mãe, devido à perda de peso excessiva. A mãe relata que a adolescente permanecia longos períodos no banheiro para induzir vômitos. A adolescente confirma a história e refere uso de laxante. Ciclo menstrual irregular com amenorreia há quatro meses. Exame físico: peso: 35 Kg (< p3), Estatura: 168 cm (p 90), IMC: 12,41 Kg/m2 (<p3), PA 100/70 mmHg, FC: 70 bpm. Considerando a provável hipótese diagnóstica, o principal sinal de gravidade é a:
Compartilhar