Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Doenças Respiratórias

Acerca de prevenção, diagnóstico, tratamento e controle de infecções em pediatria, cada uma das opções abaixo apresenta um caso clínico hipotético, seguido de uma assertiva a ser julgada. Assinale a opção que apresenta a assertiva correta.

A
Um neonato a termo, nascido de parto vaginal após 24 horas de rotura das membranas amnióticas, depois de 24 horas de vida desenvolveu dificuldade respiratória. Uma radiografia do tórax mostrou infiltrado inflamatório difuso, compatível com pneumonia. Nesse caso, o médico deve notificar o caso como infecção hospitalar
B
Uma escolar apresenta febre alta, dor de garganta e mal-estar geral. Após 24 horas, surgiu exantema eritematopuntiforme, mais intenso nas dobras da pele e na face, com palidez perioral. No exame da cavidade orofaríngea, a faringe encontra-se hiperemiada e edemaciada, as amígdalas hipertrofiadas, hiperemiadas e com exsudato, e a língua muito vermelha. Nesse caso, o diagnóstico clínico mais provável é escarlatina
C
Um pré-escolar apresenta quadro febril agudo, mal-estar e exantema macular. No exame físico, destaca-se, além do exantema, micropoliadenopatia. A sorologia para toxoplasmose mostrou IgM positivo. Nesse caso, a criança deve ser tratada com sulfametoxazol e trimetropia por, no mínimo, 3 semanas
D
Uma criança desnutrida com hepatoesplenomegalia tem suspeita diagnóstica de calazar. Nesse caso, leucocitose com neutrofilia e normoplaquetemia será o resultado de um hemograma compatível com o caso
E
Um escolar teve confirmado o diagnóstico de meningite por pneumococo. Nesse caso, todas as pessoas que tiveram contato íntimo com a criança devem receber quimioprofilaxia com rifampicina
Quais são as alterações clínico/laboratoriais tipicamente encontradas em paciente com glomerulonefrite difusa aguda pós-infecciosa?
Atualmente existem várias classes de medicamentos disponíveis para o tratamento da HAS. Sobre o regimeerapêutico da HAS, é correto afirmar:
Caçula de família humilde e iletrada, que morava em distante área rural, uma lactente só foi examinada pela primeira vez ao completar quatro meses de vida. Seu parto se fizera em domicílio e, desde que nasceu, ela ficava ofegante e arroxeada ao chorar ou fazer esforço para defecar. Tinha sopro cardíaco à ausculta e o ecocardiograma foi indicativo de tetralogia de Fallot, cardiopatia congênita que encerra a presença de:
Leia as descrições a seguir: I- Maria, de 6 anos, com quadro de início gradual, apresentando febre, mal-estar e anorexia, dor de garganta, conjuntivite, coriza, tosse e rouquidão com inflamação na laringe e algumas ulcerações em palato. / II- Vitor, de 10 anos, apresentando quadro de início súbito, com calafrios, febre, cefaleia, dor de garganta intensa, orofaringe hiperemiada com exsudato e adenite cervical anterior dolorosa. / III- Claudia, de 1 ano e 6 meses de idade, apresentando irritabilidade, recusa alimentar, febre baixa, episódios de vômitos e diarreia, chorosa ao exame clínico e otoscopia com abaulamento e hiperemia da membrana timpânica. / IV- Henrique, de 8 anos recusando ir à escola e referindo "orelha entupida" e dificuldade de ouvir, sem outras queixas ou sintomas aparentes e otoscopia com membrana timpânica retraída, cor amarelada e mobilidade diminuída. Identifique a alternativa onde os diagnósticos dos casos são mais prováveis:
Compartilhar