Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Adolescente de 15 anos de idade cursa com febre baixa, exantema maculopapuloso que se iniciou na face, no couro cabeludo e pescoço, espalhando-se, posteriormente, para todo o corpo e linfonodomegalia retroauricular e cervical. O diagnóstico é de:

A
Mononucleose.
B
Rubéola.
C
Roséola.
D
Doença de Lyme.
E
Sarampo.
Um senhor de 72 anos, usa regularmente várias medicações diariamente. As drogas são usadas para tratar dores articulares, hipertensão arterial, diabete mellitus, constipação intestinal e insônia. Nos últimos dias, o paciente aumentou por conta própria o benzodiazepínico usado para a insônia. Há quatro dias, os familiares notaram que ele mudou bruscamente o seu comportamento, tendo atitudes não usuais, como manifestar agressividade, alternadas com período de apatia, despindo-se na frente dos familiares, falando palavrões de baixo calão e recusando alimentação. Os familiares resolveram suspender a medicação e levaram o paciente ao seu médico de família. Na consulta, o paciente já estava bem melhor, praticamente voltando ao seu comportamento usual. Diante deste quadro, qual o diagnóstico inicial mais provável?
A respeito da dependência química do crack, pode-se afirmar que: I. Dentre as drogas ilícitas, é a substância cujo dependente químico apresenta menor adesão ao tratamento. II. Maconha é usualmente a primeira droga ilícita utilizada pelo dependente químico de crack. III. O padrão de uso geralmente é do tipo compulsivo e caracterizado pelo uso de múltiplas drogas. Quais estão CORRETAS?
Uma criança com supuração auditiva crônica dá entrada no hospital com febre e rigidez de nuca. A hipótese diagnóstica mais provável:
MFPD, feminino, de 38 anos compareceu ao ambulatório na atenção primária queixando-se de sangramento vermelho-vivo presente ao limpar-se com papel higiênico e dor ao evacuar. Refere constipação crônica com piora há três meses, coincidente com a presença da disquesia. Com base nessa história, assinale o diagnóstico mais provável.
Compartilhar