Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Adolescente do sexo feminino de 12 anos de idade vem para consulta por estar apresentando no último mês quadro de agitação, dificuldade de concentração e queda no rendimento escolar. Apresenta, ao exame físico, sudorese, taquicardia, emagrecimento, mãos úmidas e quentes, tremores finos de extremidades e aumento de volume em região cervical anterior, doloroso à palpação. A principal hipótese diagnóstica é:

A
Doença de Graves.
B
Neuroblastoma.
C
Tireoidite supurativa aguda.
D
Carcinoma tireoidiano hiperfuncionante.
E
Síndrome de McCune-Albright.
Mulher de 58 anos de idade, em uso de terapia hormonal combinada contínua há 6 anos. Há 4 meses apresenta sangramento vaginal esporádico discreto. A ultrassonografia mostra endométrio de 8 mm e miométrio homogêneo. Com esses dados a conduta é:
Os marcadores séricos tumorais, como a alfafetoproteina e o antígeno carcinoembrionário são cada vez mais usados na propedêutica da massas neoplásticas. De modo geral, ainda que não sejam usados no diagnóstico inaugural, seu uso atinge a que objetivo?
Paciente de 35 anos, sexo masculino, comparece ao ambulatório com queixa de dor lombar persistente há seis meses. Refere que a mesma é pior ao acordar e melhora ao longo do dia com movimentação ou exercícios. Procurou pronto-socorro há alguns meses, tendo recebido receita de anti-inflamatório, do qual faz uso eventual com melhora parcial do quadro. Exame físico mostrou dor à palpação das articulações sacroilíacas e restrição da flexão da coluna (teste de Schober positivo). Exames laboratoriais recentes estão normais. Radiografia de tórax e de sacroilíacas estão normais. Considerando a principal hipótese diagnóstica para este paciente, qual a conduta terapêutica mais adequada no momento?
Alice, 23 anos, estudante de medicina, apresentou quadro de sudorese, dispneia, palpitações durante o acompanhamento de consultas ambulatórias em seu estágio na Unidade de Saúde da Família. Foi escutada e avaliada clinicamente por sua preceptora que não encontrou alterações no exame clínico. Alice não consome excessivamente cafeína, não faz uso de álcool e substâncias psicoativas. Posteriormente realizou exames bioquímicos necessários e ECG que não evidenciaram alterações. Alice relatou estar muito preocupada com provas. O transtorno do pânico é um diagnóstico provável para Alice. Baseando-se no caso acima e em seus conhecimentos assinale a alternativa errada:
Compartilhar