Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Amanda, 37 anos, iniciou com cefaleia hemicraniana direita de forte intensidade associada a sinais disautonômicos. Dura cerca de 1 hora e pode recorrer durante o dia. Boa resposta à Indometacina. A principal hipótese diagnóstica é:

A
Enxaqueca com aurea
B
Cefaleia em salvas
C
Hemicrania paroxística
D
Aneurisma de artéria comunicante anterior
E
SUNCT
A identificação da posição anterior ou posterior dos cálices renais é informação importante para a realização do acesso renal para a cirurgia percutânea. Em relação à anatomia dos cálices renais, podemos observar que:
Assinalar, dentre as condições relacionadas abaixo, aquela em que a pneumatúria é menos provável de ocorrer.
Considerando os intervalos recomendados entre doses de vacinas, assinale a alternativa correta:
Paciente, 35 anos de idade, negra, nuligesta, obesa, diabética e tabagista, vem ao consultório médico para avaliação de rotina. Nega fluxo patológico genital. Refere fluxo menstrual de 28 a 30 dias/3 a 5d/++. Ao exame físico, TA: 120 X 70 mmHg, PR: rítmico e cheio, com 65 bpm. Abdome plano flácido e não doloroso à palpação. Trouxe preventivo normal. USG: útero aumentado de volume à custa de 2 nódulos miomatosos, um subseroso e outro intramural, medindo o maior 2,0 cm x 1,8 cm. Volume uterino de 126 cm³. Ovários de volume e ecotextura habituais. Deseja engravidar futuramente. Na embolização uterina para tratamento de miomas, o exame que melhor avalia a sua celularidade e vascularização é:
Compartilhar