Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

Antonio Carlos, 35 anos, tem cirurgia eletiva programada devido à otoesclerose estapediana (estapedectomia). Mãe com diabetes tipo II e pai saudável. Exame físico: peso 91 kg, altura 1,80 m e circunferência abdominal 106 cm. PA 140 x 80 mmHg; PR 90 bpm. Aparelhos cardiovascular e respiratório sem alterações. Hérnia em região inguinocrural à direita, diagnosticada há cerca de 5 anos, assintomática. Exames: hemácias 4.980.000/mm³, Hb 15g/dl, Ht 45,4%, leucócitos 5500/mm³, plaquetas 320.000/mm³, TAP 100%, INR 1,0; glicemia 114 mg/dl, creatinina 1,3 mg/dl, (clearance creat 102 ml/min), ácido úrico 8,3 mg/dl, Na 140 mEq/l, K 4,7 mEq/l; triglicerídeos 160 mg/dL, HDL 35mg/dl, LDL 136 mg/dl; microalbuminúria 100 mg/24h. As alterações clínicas e laboratoriais que confirmam síndrome metabólica no caso são:

A
pressão arterial, LDL e glicemia
B
circunferência abdominal, HDL e triglicerídeos
C
pressão arterial, IMC e HDL
D
circunferência abdominal, HDL e LDL
Paciente de 06 anos de idade apresenta em consulta de rotina, sopro cardíaco. Justifica-se a necessidade de prosseguir com a investigação quando se encontra a seguinte característica do sopro:
A alternativa que NÃO É um dos critérios clínicos para o diagnóstico da síndrome do antifosfolípide é:
Uma multípara de 45 anos está grávida de 32 semanas. É hipertensa crônica e usa metildopa 2g ao dia. Chega ao hospital queixando-se de cefaléia intensa, escotomas, epigastralgia e tontura. Ao exame físico: edema generalizado, PA: 185X115 mmHg, BCF 158bpm, sem contrações uterinas. A melhor conduta será:
Considerando a importância da avaliação clínica e laboratorial pré-operatória no preparo de pacientes para operações eletivas, julgue o item a seguir. Se um paciente relatar casos de membros da família que apresentaram demora do efeito anestésico, isso poderá levar o anestesiologista a evitar o uso de succinilcolina como estratégia anestésica desse paciente.
Compartilhar