Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Ao examinar um paciente com quadro de DPOC, você detecta o bordo inferior do fígado a 4 cm do RCD, consistência normal, sem nódulos, indolor. É correto afirmar apenas com este dado que:

A
O paciente tem hepatomegalia.
B
O paciente tem o fígado rebaixado devido à hiperinsuflação pulmonar.
C
Você deve continuar seu exame e definir o limite do bordo superior para então avaliar se há ou não hepatomegalia.
D
Você necessita de uma ultrassonografia para determinar o tamanho do fígado, pois não há como definir pelo exame físico.
E
A palpação do fígado abaixo do rebordo costal sempre define a presença de hepatomegalia.
Qual é a arritmia mais frequente nos quadros pós-operatórios:
Durante o seu trabalho na unidade básica de saúde, você é contatado de emergência em virtude de um acidente: uma mulher de 35 anos acaba de ser atacada por um cão da raça pitbull, que resultou em mordeduras profundas nas mãos e antebraços. As pessoas que vieram ao seu socorro conseguiram conter o animal com pauladas. Desde então, o animal está desaparecido. No atendimento, você constata várias lesões inciso-contusas nas mãos e antebraços, algumas delas ultrapassando o tecido celular subcutâneo, bem próximas aos tendões das mãos e à articulação do cotovelo. O dono do pitbull, intimado a prestar esclarecimentos, alega que o cão é saudável, bem cuidado e vacinado anualmente contra a raiva. Ao avaliar a mulher, além da vacinação básica, a última dose de vacina antitetânica relatada foi aos 14 anos. Além de cuidados adequados com os ferimentos, a conduta mais adequada em relação ao caso seria (raiva humana/tétano/infecção secundária à mordedura):
O pediatra de plantão é chamado a uma da manhã ao leito de um garoto de sete anos com febre, há dois dias no hospital para tratamento e controle da dor de uma crise falciforme. A criança está letárgica, mas sem desconforto respiratório agudo. Os sinais vitais são temperatura de 39,7°C, pressão arterial 100/55 mmHg, frequência cardíaca de 100 bpm e frequência respiratória 17 ipm. A pele é quente e úmida, e as conjuntivas estão claras. Não há sopro. Ausculta pulmonar normal. Uma cicatriz cirúrgica recente e em boas condições é visível no quadrante superior esquerdo do abdome. O abdome é suave e indolor, sem massas. Hemograma de urgência: 33% de hematócrito, leucócitos totais de 16.000/mm³, e contagem de plaquetas 130.000/mm³. A hemocultura colhida neste momento é mais propensa a revelar, dentro de alguns dias, o seguinte organismo:
Um garoto de 13 anos se apresenta ao pediatra para uma visita. Ele está bem, mas durante o ano passado, ele cresceu mais de 10 cm e há relato de sua mãe que ele tem se queixado de dores de cabeça e dores “ósseas" (sic) ao longo dos últimos meses. Seu exame genital revela testículos pequenos e uma ausência de pelos pubianos. O restante do seu exame é normal. Baseado nesses achados, o diagnóstico mais provável é:
Compartilhar