Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Ao recepcionar em sala de parto um RN prematuro de 35 semanas e realizar os primeiros passos, o neonatologista observa, neste RN, uma respiração irregular e FC de 50 bpm. Qual a conduta a ser tomada?

A
intubação traqueal e ventilação com pressão positiva (VPP) e massagem cardíaca.
B
VPP com bolsa e máscara.
C
VPP com bolsa e máscara e massagem cardíaca.
D
intubação traqueal e VPP.
A anormalidade genética associada à polipose adenomatosa familiar é:
Um usuário de 40 anos, em situação de rua, com antecedente de uso intermitente de albergue no último ano, chega a um serviço de atenção básica relatando tosse com expectoração há quatro semanas. Não apresenta outras queixas. Ações que deveriam ser realizadas pelo serviço de saúde que atende a esse usuário segundo o Programa de Controle de Tuberculose do Ministério da Saúde do Brasil:
Criança de 3 anos de idade, apresenta queda do estado geral, dor e importante limitação funcional em quadril direito associado à contratura em flexão, há três dias. Mãe refere infecção de orofaringe há cerca de duas semanas na criança. Exames complementares demonstram leucocitose com desvio para a esquerda, velocidade de hemossedimentação de 40mm e ultrassonografia de quadril direito demonstrando espessamento da cápsula articular e afastamento da cabeça do fêmur (subluxação). O melhor tratamento para este caso é:
Lucas, 7 meses, não está mais sendo amamentado, pois sua mãe Nicole mudou-se para São Paulo, deixando o bebê sob os cuidados da avó. Lucas nasceu de parto normal, com 35 semanas de gestação, pesando 2.300 gramas. Vivem em casa própria (de material aproveitado) no Pirambu (bairro da periferia de Fortaleza), a avó, 2 filhas solteiras, Lucas e mais 3 crianças de 2, 3 e 5 anos. A renda mensal da família são R$ 150,00 reais que uma das filhas recebe como “flanelinha”. O médico de família solicitou o Cartão de Vacinas de Lucas. Quais as vacinas que Lucas já deveria ter recebido, segundo orientações do Ministério da Saúde?
Compartilhar