Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Após cirurgia complicada, uma paciente de 62 anos está em alimentação parenteral total por 12 dias. Nas últimas 48 horas, a paciente encontra-se sonolenta e apresentou uma crise convulsiva com crise focal no 12º dia. Os sinais vitais são normais e sua temperatura é de 37°C. Os exames de laboratório mostraram um hematócrito de 44%, glicemia de 900 mg/100 ml, sódio 150 meq/l, potássio 5,2 meq/l, CO2 28 meq/l, cloro 115 meq/l, osmolaridade plasmática de 373 mOsm/l e urina com densidade de 1040. A urina mostrou 4+ de glicose sem corpos cetônicos. Esse quadro clínico e laboratorial é compatível com:

A
acidose metabólica hiperglicêmica.
B
necrose tubular aguda.
C
coma hiperosmolar não cetótico.
D
acidose lática.
E
intoxicação hídrica.
Paciente de 32 anos apresenta menstruações irregulares e infertilidade. A biópsia do endométrio mostra hiperplasia complexa com atipia citológica mínima. O tratamento mais adequado para esta paciente é:
No que se refere à avaliação diagnóstica de crianças com Refluxo Gastresofágico ou Doença de Refluxo Gastresofágico considere as recomendações abaixo. I - Na maioria dos casos, a história e o exame físico são suficientes para o diagnóstico e o tratamento do Refluxo Gastresofágico. II - O raio X contrastado de esôfago e duodeno tem alta sensibilidade e especificidade para o diagnóstico de refluxo Gastresofágico. III - A monitoração esofágica do pH é um método válido e eficaz para o diagnóstico de refluxo ácido. Quais estão corretas?
Paciente feminina com 54 anos de idade, 4 gestações, 3 partos e 1 cesarea, vem à consulta com queixas de incontinência urinária. Refere ter iniciado sintomas há 4 anos, principalmente aos esforços, espirro ou tosse. Mas, atualmente, refere perda de urina mesmo quando está em repouso. Há dois dias, iniciou uma disúria, noctúria, polaciúria e hematúria. Nega febre. Realizou EAS e urocultura que evidenciaram infecção do trato urinário. Em relação ao caso acima, marque a alternativa INCORRETA.
Paciente masculino, 19 anos, procura atendimento devido a lesão em coxa direita. Informa que o quadro teve início com uma area com induração com eritema, dor e calor local. Houve aumento de tamanho. Ao exame físico, apresentou Tax = 37,2° e lesão com flutuação, circundada por area de celulite. A conduta mais adequada é:
Compartilhar