Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

As alterações hematológicas mais comuns na DHEG (Doença Hipertensiva Especifica da Gravidez) são:

A
Leucopenia.
B
Aumento de fibrinogênio sem aumento de plaquetas.
C
Hemoconcentração progressiva e trombocitopenia, testes de coagulação inalterados.
D
Hemoconcentração apenas.
E
Hemoconcentração progressiva, aumento de plaquetas, elevação de neutrófilos.
No paciente que se apresenta com clínica de rinossinusite aguda, devemos desconfiar de infecção bacteriana ao invés de viral quando:
Paciente de 43 anos de idade apresenta 4 dias de evolução de dor lombar a esquerda, associada a náuseas e vômitos. A TC demonstrou cálculo de 11 mm em ureter proximal. Relata quadro recorrente de nefrolitíase, com necessidade de litotripsia. Na ocorrência anterior o paciente enviou o cálculo para análise, que evidenciou cálculo de oxalato de cálcio. O paciente passou por derivação jejunoileal para tratamento de obesidade, 15 anos antes. Em relação ao caso, é correto afirmar que:
Menina com 1 ano de idade é levada ao pediatra com história de febre há 2 dias, escurecimento da urina e irritabilidade. Ao exame não são observados sinais de infecção de vias aéreas, e a criança apresenta-se febril. A urocultura, colhida em condições ideais, revela-se positiva para Escherichia coli. Além da terapêutica antimicrobiana e das uroculturas para controle, recomenda-se:
Sr. José está em uso de esquema I para tuberculose há 2 semanas e a filha lhe pede uma consulta domiciliar pois o pai está com pouco apetite, sonolento e vomitando. Ao exame, ele está emagrecido, ictérico (+2/4+), eupneico, normotenso, sonolento, mas o reconhece e refere muito mal estar. Seus últimos exames, feitos há 1 mês, demonstram enzimas hepáticas normais e elevação da creatinina sérica. Você, então:
Compartilhar