Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Pediatria

Pediatria Geral

As duas questões 24 e 25 referem-se ao caso clínico abaixo: Menina de 11 anos de idade é trazida à unidade de saúde pela mão com queixas de fluxo vaginal que mancha suas roupas intimas. A mãe relata secreção em pequena quantidade, sem odor, não irritativa, não pruriginosa. Na avaliação ginecológica, vulvoscopia sem sinais inflamatórios, hímen intacto, presença de pêlos na região pubiana recobrindo a linha média. Na avaliação da mama, apresenta elevação da mama e da papila, sem separação dos contornos as aréola e da mama. Quanto ao exame físico da paciente e segundo os estágios da Tenner, amelhor classificação para a paciente descrita é:

A
pode ser classificada como m1 e está iniciando a pubarca
B
pode ser classificada como M2 e está iniciando a pubarca
C
pode ser classificada como M3 e provavelmente ainda não passou pela menarca
D
pode ser classificada como M3 e provavelmente já passou pela menarca
E
pode ser classificada como M4 e já passou pela pubarca e pela menarca
Sobre a lesão gástrica de Dieulafoy é correto afirmar que:
Em relação ao Diabetes mellitus, assinale a alternativa ERRADA:
Feliciana tem 19 anos e reside no Rio de Janeiro. Em março deste ano, procurou atendimento médico queixando-se de febre, vômitos, mialgias, cefaleia e dor retro-orbitária. Apresentava exantema no tronco, sem outras alterações ao exame físico. Encontrava-se estável, com PA=120x80mmHg, sem manifestações hemorrágicas espontâneas. O médico que a assistiu realizou a pesquisa de hipotensão postural, que foi negativa, e a prova do laço. Esta última foi feita da seguinte maneira: com a paciente sentada, insuflou o manguito do esfigmomanômetro até 130mmHg, por cinco minutos. A seguir, desinsuflou o manguito e, num quadrado de 2,5cm por 2,5cm, contou trinta petéquias. A prova foi considerada positiva. O marido de Feliciana havia recebido diagnóstico recente de dengue. conduta indicada para Feliciana, neste momento, é:
Um senhor de 72 anos, usa regularmente várias medicações diariamente. As drogas são usadas para tratar dores articulares, hipertensão arterial, diabete mellitus, constipação intestinal e insônia. Nos últimos dias, o paciente aumentou por conta própria o benzodiazepínico usado para a insônia. Há quatro dias, os familiares notaram que ele mudou bruscamente o seu comportamento, tendo atitudes não usuais, como manifestar agressividade, alternadas com período de apatia, despindo-se na frente dos familiares, falando palavrões de baixo calão e recusando alimentação. Os familiares resolveram suspender a medicação e levaram o paciente ao seu médico de família. Na consulta, o paciente já estava bem melhor, praticamente voltando ao seu comportamento usual. Diante deste quadro, qual o diagnóstico inicial mais provável?
Compartilhar