Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

As infecções do trato urinário são comuns durante a gestação e a bacterirúria assintomática é a forma mais frequente. De um modo geral, o germe habitualmente mais encontrado neste tipo de infecção é:

A
Klebsiella.
B
Escherichia coli.
C
Proteus.
D
Enterococcus.
Criança de três anos está internado há três meses por complicações secundárias à doença inflamatória crônica intestinal e queixa-se de muita fome. Como tem fortes dores abdominais e evacua sangue frequentemente, sua nutrição tem sido à base de fórmula de aminoácidos sintéticos e nutrição parenteral parcial. Exame físico: peso: 8.500 g, estatura; 108 cm, ausência de paniculo adiposo, abdome distendido com alças visíveis sob a parede abdominal, ausculta pulmonar com murmúrio rude em todos os campos, FC: 96 bpm, sem sopros; palidez leve com ulcerações sangrantes na mucosa oral, alopecia generalizada e unhas ressecadas, que se esfarelam ao serem cortadas. Não senta sem apoio. Exames laboratorias: cálcio: 7 mg/dl, fosfato: 2,9 mg/dl, fosfatase alcalina: 130 U/Hb: 8,5 g/d, leucócitos: 4500/mm³ (0-4-0-4-7-28-53-8); gamaglutamiltransferase: 18 mg/dl, AST (TGO): 46 UI/L, ALT(TGP): 38 UI/L. A carência nutricional específica detectável pelo exame clínico e laboratorial é de:
São fatores de risco para parada cardiorrespiratória, EXCETO um. Aponte-o.
Você está na sala de parto e o obstetra avisa que vai nascer um recém-nascido a termo com aproximadamente 3000g e que foi indicado cesárea por sofrimento fetal agudo, porém sem mecônio. Após o nascimento o RN encontrava-se em apneia sendo levado à mesa de reanimação, feito os passos iniciais em 30 segundos, mantendo-se todavia em apnéia. Foi iniciada ventilação com pressão positiva com ar ambiente e colocado o sensor de oxigênio. Como não melhorasse a técnica de ventilação foi checada e colocado oxigênio a 100%. Com 2 minutos de vida continuava em apnéia e a frequência cardíaca = 70bpm. Qual a conduta a seguir na sequência correta:
RN com característica de Síndrome de Down, iniciou com aproximadamente 12 h de vida, vômitos de caráter progressivo, tornando-se biliosos. Havia relato na história gestacional de polidrâmnio. Ao exame físico o abdome não apresentava distensão, porém foram visualizadas ondas peristálticas. Realizado radiografia de abdome que evidenciou a presença de dupla bolha. Diante desses dados, a principal hipótese diagnóstica é:
Compartilhar