Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Infectologia

Nefrologia

As principais causas atuais de doença renal crônica no Brasil são:

A
glomerulonefrites e neofropatia diabética.
B
nefroesclerose hipertensiva e nefropatia diabética.
C
nefropatia diabética e pielonefrite.
D
doença renal policística e nefroesclerose.
E
nefrolitíase e hipertensão arterial sistêmica.
O triplo teste diagnóstico utilizado na busca de lesões da mama é composto por:
Terapia trombolítica intravenosa é efetiva em reduzir o déficit neurológico em pacientes selecionados com acidente vascular cerebral isquêmico. O tempo máximo decorrido do início da isquemia para se indicar a trombólise e a droga mais indicada são, respectivamente,
Uma mulher de 38 anos, com consumo diário de 400 a 600 ml de vodca, é acompanhada ambulatorialmente em programa contra alcoolismo. Apresenta elevação de enzimas hepáticas, sorologia para hepatites negativas e esteatose hepática ao ultrassom. É levada por familiares ao pronto-socorro com febre, icterícia, sonolência e períodos breves de confusão mental. Apresenta transaminases 2 vezes o valor normal, gama GT = 690 U/L, INR = 1,9 e leucocitose de 18.000/mm³, sem desvio à esquerda. Não há foco infeccioso evidente. Recomenda-se, por eficácia comprovada, o uso de:
Um adolescente de 13 anos é trazido à unidade básica de saúde com história de inchaço no lado esquerdo da face há 3 dias. A mãe refere ainda febre de até 38,8 °C nos últimos 2 dias, inapetência, cefaleia e "dores no corpo". Ao exame físico, observa-se abaulamento da face à esquerda, anterior à orelha, com limites por vezes imprecisos. O paciente tem dificuldade em abrir a boca. O exame da orofaringe é normal. Assinale, entre as manifestações abaixo, aquela que mais frequentemente se associa à doença deste paciente.
Compartilhar