Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

As questões 31 e 32 referem-se ao CASO CLÍNICO descrito abaixo. CASO CLÍNICO: Homem de 62 anos, grande fumante, normotenso e com índice de massa corporal de 32, apresenta os seguintes resultados de exames: Ureia: 80 mg%; Creatinina:3,2 mg%; Hematócrito: 28%; Colesterol total: 320mg%; HDL: 28; LDL: 170; EAS sem proteína, glicose, hemácias ou leucócitos. Que exame complementar, dentre os abaixo, você indicaria para tentar reforçar a hipótese diagnóstica sugerida:

A
Duplex Scan das artérias renais
B
Pesquisa de eosinófilos na urina
C
Biópsia renal per cutânea
D
Proteinúria em urina de 24 h
E
Urocultura
Mulher obesa, internada para cirurgia bariátrica, apresenta, no segundo dia de pós-operatório, na UTI, queda da saturação da hemoglobina. Está sedada e em uso de ventilação mecânica. A chapa de Raios-X de tórax tirada no leito mostra condensação homogênea triangular à esquerda, com desvio da traqueia para o lado da lesão, retração costal e apagamento da silhueta cardíaca. Esse achado é indicativo de:
Na toxidade sistêmica provocada por anestésicos locais:
Em relação ao diabetes insipidus, é correto afirmar que:
Dilatação da parede esofágica, que ocorre mais frequentemente em pessoas acima de 50 anos, sendo raramente diagnosticada em crianças, mais comum no sexo masculino, tratando-se de doença adquirida, sendo sua incidência de 0,1 a 1,8% nos exames contrastados do aparelho digestivo alto:
Compartilhar