Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

As técnicas de reprodução assistida estão cada vez mais sendo utilizadas em nosso país, com bastante sucesso em casos selecionados. Em relação à legislação brasileira sobre as técnicas de reprodução assistida, é correto afirmar que:

A
É proibida a gravidez de substituição (barriga de aluguel) em qualquer situação
B
A seleção do sexo do embrião a ser implantado só é permitida em situações de risco de doenças ligadas ao sexo
C
O número de embriões a serem transferidos não pode exceder a 6
D
Os doadores de gametas podem ser membros da família ou conhecidos pela receptora
E
Não é permitida a fertilização in vitro com uso de espermatozoides de homens HIV positivos
São fatores sistêmicos que interferem na cicatrização de partes moles, EXCETO:
Homem, 23 anos, tem diarreia profusa há 60 dias, emagrecimento e dor abdominal. Exame proctológico mostra múltiplas fissuras anais em localização atípica com enantema e friabilidade da mucosa do reto distal. Colonoscopia também demonstra mucosa edemaciada e friável ao nível cecal, onde são feitas biópsias. Em relação a esta situação clínica, são apresentadas as seguintes assertivas: I. Fístulas intestinais com a pele e órgãos vizinhos é uma complicação esperada neste caso. II. O risco de carcinoma colorretal neste indivíduo é igual ao da população em geral. III. O achado de granulomas não caseosos no material da biópsia, apesar de raro, faz o diagnóstico de tuberculose intestinal. Qual é a alternativa correta?
Homem, 25 anos, sofre acidente automobilístico com trauma no MIE. Ao exame, apresenta o membro em flexão, adução, rotação interna e encurtamento. Qual é o provável diagnóstico?
Homem, 45 anos, com cirrose pelo vírus da hepatite C, apresenta aumento do volume abdominal. Está ictérico, desorientado, desnutrido, com PA 100/60 mmHg, FC 86 bpm, ascite volumosa e edema de membros inferiores com cacifo de 4+. Avaliação laboratorial: Na+ 129 mEq/L; K+ 6 mEq/L; albumina 2,6 g/dl; creatinina 3 mg/dl; hemoglobina 9 g/dl. Em relação ao líquido de ascite deste paciente, pode-se afirmar que:
Compartilhar