Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Infectologia

Neurologia

Dermatologia

Cirurgia Geral

Assinale a alternativa correta:

A
Higienização de mãos com álcool gel é considerada suficiente, dispensando-se a lavação, apenas em situações em que o acesso a água e sabão são difíceis (como durante o transporte em ambulâncias).
B
Pacientes com tuberculose pulmonar devem ser colocados em isolamento de gotículas, que inclui o uso de máscaras cirúrgicas ou de procedimento.
C
Uso de luvas de procedimento dispensa higienização de mãos após sua remoção.
D
Como forma de prevenir infecção em sítio cirúrgico, a tricotomia deve ser realizada imediatamente antes cirurgia com aparelho elétrico.
E
Isolamento de contato significa apenas que luvas deverão ser usadas ao se ter contato com mucosas, pele não íntegra, excreções, secreções e sangue.
Assinale qual das seguintes alternativas não é uma indicação de colangiografia transoperatória. (COELHO, J. C. U. Aparelho digestivo: clinica e cirurgia, 1996)
Assinale a alternativa que completa a frase: a importância da presença de baqueteamento digital em crianças com aids é: (NELSON TRATADO DE PEDIATRIA)
Lactente de 45 dias de vida é internado com história de tosse há três dias e dificuldade para respirar notada no dia anterior. A mãe nega febre, diz que não há pessoas doentes no domicílio e refere que a criança apresentou conjuntivite no período neonatal. Ao exame físico, a criança apresenta-se ativa, com taquidispneia leve e tiragem intercostal. Foi realizada radiografia de tórax, o que mostrou infiltrado intersticial leve em bases pulmonares. Assinale qual o provável diagnóstico e a terapêutica de eleição, respectivamente, para o caso. (NELSON TRATADO DE PEDIATRIA)
Ao realizar atendimento em uma sala de parto, nasce uma criança com peso estimado em 3,5 kg, banhada em mecônio, hipotônica, cianótica e em apneia. Após visualização da traqueia e aspiração do mecônio pela cânula por duas vezes, o paciente recebe ventilação com ambu e cânula com oxigênio a 100%. A criança permanece bradicárdica (FC < 60 bpm), cianótica e em apneia. É iniciada massagem cardíaca, enquanto se oxigena. Após 30 segundos, ela permanece em assistolia e é medicada com adrenalina endovenosa no total de 3 doses com intervalos de 5 minutos entre as doses. Após a terceira dose, a criança permanece sem apresentar nenhuma resposta. Qual a conduta a ser tomada a seguir? (FLEISHER, Ludwig. Textbook of pediatric emergency medicine)
Compartilhar