Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hepatologia

Assinale a alternativa CORRETA:

A
O consumo de etanol potencializa as lesões hepáticas causadas pela cocaína, possivelmente dependente do sistema enzimático CP-450.
B
O uso de metanfetamina (ecstasy) afeta diversos órgãos e sistemas, porém, o fígado, graças à sua extrema capacidade de regeneração, não é afetado.
C
A hepatite crônica ativa em alcoólatras apresenta aspectos histológicos absolutamente distintos das hepatites crônicas ativas causadas por vírus.
D
Um porcentual significativo de pacientes alcoólatras evolui com hepatite alcoólica, que é caracterizada como uma lesão hepática irreversível.
E
Todas as alternativas acima citadas estão corretas.
Homem de 64 anos encaminhado ao Ambulatório Médico de Especialidades (AME) com disúria, jato fraco e dor perineal contínua importante há quatro dias. O exame de urina tipo 1 revelou a presença de leucócitos > 100.000/campo. Proteinúria (-) e ausência de hemácias. O hemograma apresentou: Hb = 13,8 g/dl; HT = 41%; leucócitos = 13.100 mm³; neutrófilos = 77 (bastonetes 8%). O valor do PSA sérico foi de 48 ng/ml (colhido no mesmo momento da urina tipo 1). Qual a melhor conduta dentre as alternativas abaixo?
Um recém nascido que no final do primeiro mês de vida apresenta quadro clínico de insuficiência cardíaca, manifestada por taquipneia, cansaço e interrupções às mamadas, sudorese e taquicardia. Qual seria a cardiopatia congênita mais provável?
Analise o seguinte quadro médico. No seu ambulatório, dá entrada uma paciente de 72 anos, com queixa de dor abdominal tipo cólica, náuseas e vômitos. Quando do exame físico, observa-se abdome levemente distendido e doloroso à palpação, porém sem irritação peritoneal, e uma pequena massa com dois centímetros, não redutível, que é dolorosa à palpação e está abaixo da linha inguinal direita. Não há visceromegalias ou tumorações palpáveis. A hipótese diagnóstica mais provável do quadro é:
Analise as seguintes assertivas em relação à fimose: I. Dos recém-nascidos que não conseguem expor a glande ao nascimento, 50% continuarão sem conseguir expô-la com 1 ano de idade; II. O acolamento balanoprepucial sem estreitamento do orifício do prepúcio é uma situação fisiológica que se resolve espontaneamente até os 5 ou 6 anos de idade; III. A idade ideal para se realizar a cirurgia da fimose é após os 5 anos de idade. Quais estão corretas?
Compartilhar