Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Reumatologia

Assinale a alternativa CORRETA:

A
na forma difusa de esclerodermia o fenômeno de Raynaud costuma anteceder as manifestações sistêmicas por mais de 10 anos
B
o anticorpo anti Scl-70 (ou antitopoisomerase 1) está associado à presença da forma difusa de esclerodermia
C
a causa mais comum de morte em um paciente com esclerodermia é a miosite causando fraqueza de músculos respiratórios
D
o envolvimento esofágico é encontrado tanto na formas limitada como difusa de esclerodermia
E
A fibrose pulmonar é encontrada nas duas formas de esclerodermia, porém é mais comum na forma limitada do que na difusa.
Sobre a torção testicular, é correto afirmar que:
MRS, 28 anos, com 28 e 5/7 semanas de gestação, procura Unidade Básica de Saúde, onde faz pré-natal informando que seu parceiro está com sífilis. O obstetra solicita para a paciente VDRL (Venereal Disiases Research Laboratory) e FTA-Abs (Fluorescent Treponemal Antibody - Absorption), que vieram positivos. Por apresentar alergia documentada a penicilina gestante foi tratada com estearato de eritromicina por 15 dias. Tanto o parceiro como a paciente fizeram seguimento sorológico mantendo, após tratamento, VDRLs negativos. Com 38 e 3/7 semanas, paciente entra em trabalho de parto de dá a luz, por via de parto normal a recém-nascido pesando 3.740g, com Apgar 9 e 9, sem nenhuma alteração ao exame físico. Qual a conduta diante desse recém-nascido?
Em relação às doenças inflamatórias intestinais, é incorreto afirmar que:
Alberto tem 32 anos e viajava de carro com sua esposa Ana, de 30 anos, e seus dois filhos Mário e Luis de 6 e 4 anos, respectivamente. Os pais ocupavam os assentos dianteiros e os filhos estavam acomodados no banco traseiro. Somente Alberto não usava o cinto de segurança. Durante discussão entre as crianças, Alberto se distraiu e cruzou a pista colidindo de frente com outro automóvel que vinha em sentido contrário e era ocupado por José de 60 anos. Socorridos após 20 minutos pelo Grupamento de Socorro de Emergência, após estabilização foram levados para hospital municipal público da região. Ao dar entrada no pronto-socorro Alberto apresentava dor em região costal anterior direita e dispneia leve com PA = 110 x 75 mmHg e pulso de 132 bpm. Ao exame físico notava-se lesão em abrasão na região de 9o a 11o arcos costais anteriores direitos com pequena depressão da parede torácica e dor à palpação profunda do abdome com defesa voluntária. Ana encontrava-se hipocorada (++/4+), PA 90 x 50 mmHg, pulso de 144 bpm, dor de forte intensidade em cintura pélvica com dificuldade de mobilização dos membros inferiores. As crianças não apresentavam lesões ao exame físico e José faleceu imediatamente após dar entrada no PS apesar de todas as manobras de manutenção da vida. Após realizarmos RX de tórax e abdome e US abdominal em Alberto, constatou-se fratura de 10o e 11o arcos costais direito, nível líquido compreendendo 1/3 do espaço pleural direito e não foram identificadas lesões abdominais nos exames realizados. Para Alberto a melhor alternativa de tratamento, neste momento, é:
Compartilhar