Questões na prática

Dermatologia

Dermatologia

Assinale a alternativa correta em relação ao higroma cístico.

A
Pode desenvolver a formação de neuroibromatose.
B
Possuem, em seu interior, epitélio secretor de líquido claro aquoso, com elevada concentração de cristais de colesterol.
C
Sua formação embriológica tem origem da 4ª bolsa branquial.
D
São tumores de origem linfática, multilobulados e congênitos.
E
O tratamento de escolha é observar a evolução em função de ser uma lesão de evolução lenta.
Paciente com 28 anos queixa-se de náuseas, vômitos, fraqueza e mialgia que iniciaram há 10 dias, com febre até 39ºC aferida. Há 2 dias, passou a apresentar icterícia, colúria e acolia e queixa de dor no hipocôndrio direito, contínua, com sensação de peso. Nega uso de álcool de forma abusiva, informação confirmada pela esposa presente à consulta. Nega uso de medicações, chás ou ervas, com exceção do uso recente de paracetamol 1 g/24h para dor e febre. Ao exame físico, apresenta icterícia intensa, dor à palpação de hipocôndrio direito e hepatimetria de 16 cm. Os exames complementares demonstram: ALT: 2.352 UI/ml; AST: 1.839 UI/ml; BT: 24 mg/dl; BD: 19,7 mg/dl; RNI: 1,2. Sorologias demonstram HBsAG positivo; anti-HBc IgM positivo; HBeAG positivo; anti-HBe negativo; anti-HBs negativo; anti-HAV total positivo; anti-HCV negativo; FAN negativo; anticorpo antimúsculo liso 1:80. Qual o diagnóstico desta situação clínica?
Homem, 37 anos de idade, com diagnóstico prévio de urolitíase, com dor lombar à direita há 20 dias, fazendo uso de diclofenaco, evoluiu há 48 horas com piora da dor abdominal, com náuseas, vômitos e redução do volume urinário. Exames de laboratório mostram ureia: 120 mg/dl, creatinina: 3,0 mg/dl, hemogasimetria arterial: pH: 7,33; HCO3: 11 mEq/l; PCO2: 26 mmHg, PaO2: 87 mmHg. BE: -4; Cl: 106 mEq/l, Na: 140 mEq/l, SaO2: 94%. K: 6,0 mEq/l; glicemia: 104 mg/dl. Cálcio: 8,5 mg/dl. Sódio urinário em amostra isolada: 19 mEq/l. A ultrassonografia de abdome mostra dilatação pielocalicial à direita, sem outras alterações. O distúrbio acidobásico apresentado é:
Paciente do sexo masculino, 45 anos, branco, refere emagrecimento, poliúria, polifagia e polidipsia há 40 dias. Tabagista e hipertenso há 3 anos. Sem outros antecedentes. Pai diabético, mãe hipertensa e coronariopata (IAM aos 50 anos). Medicações em uso: enalapril 40 mg/dia. Exame físico: IMC: 34 kg/m²; CA: 111 cm; PA: 120 x 80 mmHg; FC: 88 bpm; demais, sem alterações. Assinale a alternativa que representa a melhor hipótese diagnóstica.
Pacientes portadores de cardiopatia congênita cianótica com shunt direito-esquerdo frequentemente apresentam policitemia. Os pacientes com policitemia grave (VG >65%) são de maior risco para desenvolver:
Compartilhar