Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Considere uma paciente de 32 anos com tireotoxicose bioquimicamente confirmada, bócio difuso à palpação e oftalmopatia bilateral. Com relação à doença dessa paciente, assinale a alternativa correta.

A
É mais prevalente no sexo feminino e em populações com ingestão elevada de iodo.
B
Em cerca de metade dos pacientes, o único achado bioquímico é a elevação nos níveis séricos de T3 (toxicose de T3).
C
Mutações que estimulam a via de sinalização do receptor do TSH são responsáveis pela tireotoxicose.
D
Gravidez e amamentação constituem contraindicações para o tratamento.
E
Drogas antitireoideanas, iodo radioativo, escleroterapia e tireodectomia total são recursos terapêuticos utilizados no tratamento.
Um menino de 3 anos de idade vem à consulta por queixas de dor após ter sido realizada tração forçada do prepúcio. Ao exame, a glande está exposta e edemaciada, bem como o prepúcio distal ao anel de constricção. Qual é a conduta inicial correta neste caso?
Pré-escolar de 4 anos com quadro febril iniciado há 12 horas evoluiu há 2 horas com uma convulsão clônica com duração de 20 minutos. Mãe levou à emergência onde encontrava-se alerta 30 minutos após crise e febril com temperatura de 39°C. Considerando o diagnóstico mais provável, é correto afirmar:
Homem de 34 anos caiu de uma árvore e teve fratura e luxação no cotovelo esquerdo. Exame físico: ausência de pulsos braquial, radial e ulnar, e perfusão da mão lentificada. A conduta é:
Homem de 25 anos é submetido à orquiectomia radical para tratamento de um tumor de testículo não seminomatoso misto, sem invasão vascular. No pós-operatório, o exame físico é normal e a tomografia de controle não evidencia lesões aparentes no tórax, abdome ou região pélvica. Porém, o marcador sérico Beta-hCG permanece persistentemente elevado um mês após a cirurgia. A melhor conduta consiste em
Compartilhar