Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Assinale a alternativa INCORRETA quanto à diarreia na infância.

A
E. coli enterotoxigênica é um patógeno importante causador de diarreia com desidratação do lactente no mundo em desenvolvimento.
B
Criança com diarreia sanguinolenta e convulsão sugere Shigella como agente.
C
Aos lactentes com desidratação leve e moderada, oferecer Solução de Reidratação Oral (SRO) na unidade de atendimento e suspender o aleitamento materno até que se tornem hidratados.
D
Todos os casos de diarreia por Vibrio cholerae devem receber antimicrobiano.
E
A síndrome hemoloticourêmica pode ser uma complicação da infecção por E. coli êntero-hemorrágica.
Em relação à insuficiência cardíaca congestiva (ICC), na faixa etária pediátrica, analise as afirmativas a seguir: I. Os principais sinais de ICC na criança são: cardiomegalia, taquipneia, di?culdade pra mamar, palidez, sudorese, baixo ganho ponderal e hepatomegalia. II. O edema bipalpebral e de membros inferiores surgem em casos extremos sendo uma das principais diferenças clínicas da ICC no adulto e na criança. III. Os sinais e sintomas de ICC surgem após o primeiro ano de vida na maioria dos casos de cardiopatia congênita. IV. O sopro cardíaco é o principal sinal de cardiopatia congênita, assim como a cianose central; a ICC é manifestação esporádica e aparece principalmente no pré-escolar e adolescente. Assinale a alternativa correta.
Um jovem de 22 anos sofre um ferimento abdominal por arma de fogo. É encaminhado ao hospital onde é operado. Na cirurgia é encontrada apenas lesão no intestino delgado e a opção é por ressecá-la e fazer a anastomose primária. O paciente evolui bem até o sétimo dia pós-operatório, quando é notada saída de secreção entérica pela incisão cirúrgica. O débito é de 300 ml/dia e não há comprometimento abdominal, estando a fístula bloqueada. Qual a conduta adequada?
Homem de 18 anos sofreu ferimento por arma de fogo na região torácica, com grande perda sanguínea. Chegou ao pronto-socorro em franco estado de choque hipovolêmico, onde recebeu rápida infusão de solução cristaloide. Havia indicação precisa para administração de concentrado de hemácias e toracotomia de urgência. Que conduta imediata tomar em relação à hemotransfusão?
Homem de 23 anos apresenta quadro de dor em epigástrio há 48h com migração para FID e febre baixa. O cirurgião suspeitou de apendicite aguda e indicou a exploração com incisão de McBurney. Ao abrir o peritônio, o apêndice tinha aspecto normal, porém havia hiperemia e espessamento no íleo terminal e no mesentério, com digitação deste sobre a alça intestinal. Neste momento, qual o melhor procedimento do cirurgião?
Compartilhar