Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Assinale a alternativa que NÃO faz parte de um ciclo típico de fertilização in vitro (FIV) - ou injeção citoplasmática de espermatozoides (ICSI).

A
Inibição da hipófise com GnRH pulsátil.
B
Hiperestímulo ovariano controlado e monitorização do desenvolvimento folicular por ultrassonografia.
C
Prevenção do pico de LH e da ovulação prematura.
D
Punção folicular para retirada dos oócitos.
E
Maturação do oócito com HCG de origem urinária ou recombinante.
Mulher de 45 anos apresenta, há cinco anos, episódios de fenômeno de Raynaud, em uso de nifedipina. Evolui nos últimos três meses com disfagia, edema com sinais flogísticos nos quirodáctilos, artrite de pequenas articulações das mãos com rigidez pós-repouso de 30 minutos e dispneia a esforços. Seu exame físico revela dedos em salsicha, telangiectasias em tórax e P2 hiperfonética com choque valvar em área pulmonar. O marcador sorológico mais específico para o quadro descrito é o anticorpo:
Homem de 47 anos, portador de cirrose alcoólica, dá entrada em setor de emergência com quadro de oligúria, aumento do volume abdominal e edema ascendente de MMII até a raiz da coxa e região sacral. Seu exame físico revela icterícia de escleróticas +/4, ascite tensa e edema de MMII 4+/4. Exames laboratoriais mostram leucograma normal, plaquetas = 59.000/ mm³, ureia = 90 mg%, creatinina = 1,8 mg%, bilirrubina = 3,0 mg%, INR = 2,2 e albumina = 2,5 g%. É realizada paracentese, e análise do líquido ascítico mostra celularidade = 650 células com 80% PMN e proteína total = 0,9 g% (albumina = 0,5 g%). EAS mostra cilindros hialinos, pH = 6,0, ausência de proteínas e hemácias e sódio de 9 mEq/I. Frente ao quadro clínico acima, a medida terapêutica que não está indicada, é:
<P>Você examina uma mulher de 20 anos com perda ponderal significativa e observa a presença de candidíase oral. Exames imunológicos revelam anti-HIV+, HBsAg+, anti-HAV+, anti-HCV-, IgM anti-CMV-, IgG anti CMV+, IgM antitoxoplasma-, IgG antitoxoplasma +. Contagem de CD4 = 88 cels/mm³ e carga viral = 160000 cópias. Neste caso, deve-se prescrever profilaxia primária para Pneumocystis jiroveci e alguns outros patógenos, exceto:
Menina de oito anos apresenta “rash” em face após exposição ao sol, artrite em joelhos e fraqueza muscular proximal há uma semana. Há três dias, passou a apresentar mancha violácea em torno dos olhos. O diagnóstico mais provável desta menina é:
Compartilhar