Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Assinale a alternativa que NÃO apresenta uma característica clínica comum da Síndrome de Guillain-Barré.

A
Fraqueza motora rapidamente progressiva.
B
Disfunção autonômica.
C
Sinal de Babinski unilateral ou bilateral.
D
Fraqueza facial bilateral.
E
Diminuição de sensibilidade nos membros.
Na Classificação de Salter-Harris para as lesões que envolvem a fise, a combinação entre lesão fisária e fratura intra-articular, corresponde ao tipo:
Criança de 10 meses apresenta febre há 24 horas. Ao chegar ao pronto atendimento, a Tax é 37,8°C, com leve hiperemia da orofaringe, sem sinais de irritação no SNC, com demais dados do exame físico normais. A seguir, apresenta, logo após aumento rápido da temperatura para 38,8°C, crise convulsiva tônico-clônica generalizada, com duração de 4 minutos. Em relação a esta situação são apresentadas as seguintes assertivas: I. O risco de recorrência de crises convulsivas é maior devido à idade desta criança. II. A história familiar positiva para este tipo de crise reforça a hipótese diagnóstica. III. Nesta idade acontece o pico de ocorrência do 1º episódio deste tipo de crise. Qual é a alternativa CORRETA?
Paciente de 44 anos, sexo feminino, apresenta dor abdominal de moderada intensidade em baixo ventre, há 2 dias, e hiporexia. Não apresentou febre nem vômitos. Refere urina escura e tem leucorreia, há mais de 2 anos, amarelada. Última menstruação há 14 dias, ciclo regular. Ao exame, apresenta dor à palpação em fossa ilíaca direita. É INCORRETO afirmar:
Uma mulher de 42 anos consulta em uma Unidade de Saúde da Família queixando-se de que iniciara um tratamento para depressão com fluoxetina 20 mg ao dia há 4 semanas e não notara melhora dos sintomas. A próxima conduta a ser tomada pelo médico é:
Compartilhar