Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do caso clínico abaixo: Mulher com 34 semanas de gestação é internada no centro obstétrico na fase ativa do trabalho de parto. Os batimentos cardiofetais são 158 bpm, e o feto está em situação ______ com o dorso à esquerda. A dinâmica uterina é forte e regular. Após 5 horas, a dilatação está completa, e o pólo cefálico, em posição occipitoanterior esquerda. A liberação do pólo cefálico ocorrerá em posição _______ e, nesta situação,_______ indicada episiotomia de rotina.

A
longitudinal - occipitopúbica - não está
B
longitudinal - occipitossacra - não está
C
tranversal - occipitopúbica - não está
D
cefálica - occipitossacra - está
E
cefálica - occipitopúbica - está
A febre reumática ainda é uma doença prevalente em nosso meio que depende do manejo adequado por parte dos médicos para erradicá-la. Assim sendo, marque a afirmativa CORRETA:
Paciente de 19 anos, inicia quadro de dor pélvica há dois dias, associada a corrimento vaginal. Refere intercurso vaginal não protegido com desconhecido há cerca de 14 dias. A exame observa-se colo discretamente hiperemiado, dando saída a secreção purulenta. O toque vaginal mostrava-se extremamente doloroso, mas não havia sinais de irritação peritoneal. Sem queixas urinárias ou intestinais. O diagnóstico mais provável é:
É causa de ascite com Gradiente albumina soro-ascite (GASA) menor que 1,1 g/dl?
Manifesta-se sob a forma de oligoartrite assimétrica de membros inferiores, com cultura de líquido sinovial estéril e associada ao HLA-B27 em cerca de 60% dos pacientes?
Compartilhar