Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Gastroenterologia

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Assinale a complicação mais frequente da CPRE.

Ainda em relação ao paciente anterior, 8 semanas após introdução do esquema-retroviral, o paciente passa a apresentar linfadenomegalia generalizada, com gânglios grandes com 4 cm de diâmetro , móveis, com consistência elástica, principalmente, em cadeias cervicais,axilares, e mediastinais. Os exames realizados 4 semanas após a introdução do esquema antiretroviral, mostravam contagem de CD4 = 200 células/mm e cv = abaixo do limite mínimo de detecção. A principal hipótese diagnóstica e tratamento são:
Mulher de 28 anos sem queixas gastrintestinais. Apresentou quadro de cólica nefrética, quando realizou ultrassonografia (USG) de abdome total em um serviço de urgência. Durante o exame identificou-se lesão nodular hepática, isoecogênica, medindo 27 mm, localizada no segmento 3. A paciente não relatava comorbidades ou histórico de hepatopatia. Foi solicitada tomografia computadorizada (TC) de abdome com contraste endovenoso para complementação diagnóstica que confirmou o achado do USG, identificando nódulo hepático no segmento 3, medindo 25 mm, com captação homogênea do contraste na fase arterial, contornos bocelados e bem definidos. O restante do parênquima apresentava aspecto normal. Exames laboratoriais indicavam função hepática normal. Identifique a alternativa correta:
Mulher, 78 anos, portadora de fibrilação atrial crônica, não fazendo uso de anticoagulante, apresenta dor abdominal iniciada em região periumbilical, que se torna posteriormente difusa, com irritação peritonial. A principal hipótese diagnóstica é:
A respeito das biópsias de linfonodos suspeitos de malignidade, é CORRETO afirmar que:
Compartilhar