Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hematologia

Assinale a opção que contém uma correlação INCORRETA de doença esofágica e seu tratamento:

A
Disfagia cervical esofágica associada à deficiência de ferro - Dilatação esofágica e correção do defeito nutricional.
B
Disfagia esofágica devido a anel de Schatzki e refluxo - Dilatação esofágica e inibidor de bomba de prótons.
C
Disfagia severa devido a esfíncter superior esofágico anormal - Esofagomiotomia.
D
Acalasia esofágica discreta (tipo I ou II) - Dilatação do esfíncter inferior e/ou procinéticos.
E
Espasmo esofágico difuso grave - Esofagectomia trans-hiatal.
Conforme conceitos abaixo, indique se falso [F] ou verdadeiro [V] e assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA: ( ) A infecção do campo operatório é definida como aquela que ocorre nos trinta primeiros dias do período pós-operatório, inclusive quando são utilizados implantes de materiais sintéticos. ( ) Herniorrafias, safenectomias e histerectomias são exemplos de feridas operatórias classificadas como limpas. ( ) As drenagens de abcessos em geral são exemplos de feridas operatórias classificadas como infectadas ou sujas. ( ) As colectomias e as enxertias para úlceras de pressão são exemplos de feridas operatórias classificadas como contaminadas. ( ) As colecistectomias e as gastrectomias são feridas operatórias classificadas como potencialmente contaminadas ou limpas-contaminadas. Referência: MARQUES, R.G. e colaboradores - Técnica operatória e cirurgia experimental. Editora Guanabara Koogan, 2005.
Condições gerais do indivíduo influenciam o tempo e a qualidade de um processo cicatricial. Assinale a alternativa INCORRETA:
Relacione a condição com o agente etiológico da pneumonia e assinale a alternativa que apresenta a associação CORRETA: I - Fibrose cística. II - Síndrome da imunodeficiência adquirida. III - Trabalho em torres de refrigeração. IV - Alcoolismo. a - Klebsiella pneumoniae. b - Pseudomonas aeruginosa. c - Legionella pneumophila. d - Pneumocystis jiroveci.
Um paciente com asma que apresente sintomas diurnos diariamente, sintomas noturnos >1 noite/semana e variabilidade do pico de fluxo expiratório >30% é classificado como tendo asma: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição
Compartilhar