Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Assinale (V) para alternativas VERDADEIRAS e (F) para as FALSAS: ( ) Uma gestante HIV positivo, linfócitos TCD4 + de 180 cel/mm³, que faz todas as orientações propostas e chega ao final da gestação com Carga Viral para HIV indetectável, está liberada para amamentar seu bebê. ( ) Um paciente HIV positivo em seu primeiro esquema de tratamento com antiretrovirais, assintomático, pode ser recomendado a fazer suspensões temporárias dos antirretrovirais, não implicando na eficácia do tratamento a longo prazo. ( ) Um paciente HIV positivo assintomático com TCD4+ = 500 células/mm³ e carga viral = 250.000 cópias/ml enquadra-se nos critérios de início de terapia com antirretrovirais conforme consenso brasileiro atual. ( ) Um paciente HIV positivo assintomático, com TCD4+ = 300 células/mm³ e carga viral = 50.000 cópias/ml enquadra-se nos critérios de início de terapia com antirretrovirais conforme consenso brasileiro atual. ( ) Um paciente HIV positivo, com cândida esofágica grave, TCD4+ = 190 células/mm³ e carga viral = 5.300 cópias/ml, enquadra-se nos critérios de início de terapia com antirretrovirais conforme consenso brasileiro atual. A sequência CORRETA está na alternativa:

A
V, F, F, V, V.
B
F, F, F, V, V.
C
V, F, F, F, V.
D
V, V, V, V, V.
E
F, F, V, V, V.
É INCORRETO sobre a síndrome nefrótica:
Sobre um paciente com Síndrome Demencial, podemos afirmar: I - A Doença de Alzheimer apresenta-se com perda da memória anterógrada insidiosa e perda do senso geográfico, podendo evoluir para apraxia e agnosia. II - A demência vascular pode evoluir com alteração cognitiva em período curto de 3 meses, associada a alterações de humor e, muitas vezes, à história pregressa de AVC. III - Presença de manifestações extrapiramidais, alucinações e distúrbios do sono são manifestações clínicas tardias da Doença de Alzheimer.
Paciente do sexo masculino, 35 anos, atendido em consulta ambulatorial de rotina, assintomático, tabagista, apresenta-se com PA 153/93 mmHg (média de duas medidas) e IMC 28 Kg/m². Seu eletrocardiograma é normal. Segundo a V Diretriz Brasileira de Cardiologia, qual seu estágio atual da pressão arterial? Qual é a melhor abordagem inicial para o caso?
Paciente, 50 anos, hipertenso sob tratamento farmacológico, evolui com fibrilação atrial de alta resposta ventricular revertida quimicamente a ritmo sinusal, no pronto atendimento. Seu eletrocardiograma, após cardioversão, revela sobrecarga ventricular esquerda e ritmo sinusal. Nesse caso, qual a droga mais indicada para a manutenção do ritmo sinusal?
Compartilhar